Após classificação para a primeira divisão do Campeonato Paraense de Futebol, técnico permanecerá no comando do PFC

0
57

“Foi um Longo e árduo caminho que trilhamos, mas foi gratificante” uma das falas ditas pelo técnico Leo Goiano que permanecerá no comando do time de Parauapebas para as atividades do clube no próximo ano.

Está confirmação foi feita logo após o treinador junto ao clube terem conseguido a vaga de vice da Segunda Divisão do Campeonato Paraense de Futebol neste ano de 2017, onde jogou a final contra o time do Bragantino.

Léo Goiano também citou que elevará o clube na próxima temporada, buscando alguns reforços de peso para o elenco frisando assim grandes conquistas para todo o clube de Parauapebas. “Quero muito ano que vem montar um time competitivo, uma equipe que possa ser digna do município de Parauapebas, o estado e também representar muito bem nessa competição que teremos pela frente em 2018.” Revelou o treinador.

A final da Segunda divisão aconteceu na quinta-feira (28 de novembro) e o Tubarão do Caeté garantiu o título ao vencer o Parauapebas por 5 a 4 nas cobranças de pênaltis. No jogo normal o duelo terminou em um empate de 2 a 2 no tempo regulamentar. A final foi realizada em jogo único, no Estádio Diogão, em Bragança. Com isso, o Braga fará a partida de abertura da Primeira Divisão do estadual contra o Remo, no dia 13 de janeiro.

Em campo, a partida foi bastante movimentada e decidida nas bolas paradas. O Bragantino saiu na frente no placar com Alan, aos 29 minutos do primeiro tempo, cobrando falta. Do mesmo jeito Thiago Potiguar empatou aos 44. Na etapa final, o clube de Parauapebas conseguiu a virada com Neilson, aos 22 minutos, mas Rafinha empatou para o Tubarão aos 38, cobrando pênalti: 2 a 2. Assim terminou o tempo regulamentar e o título foi decidido nas penalidades.

Na disputa dos pênaltis a sequência começou com o clube do Bragantino. João Leonardo, Rafinha, Keoma e Marcelo Maciel marcaram para o Tubarão, mas Paulo de Tárcio mandou para fora. Do lado do PFC, Flamel, Neilson, Baiano e Roni acertaram. O Alviverde teve sua última cobrança, com Wanderlan, defendida pelo goleiro Marcelo Valverde e se caso tivesse feito o gol, o troféu ficaria com o Parauapebas. O duelo foi para as alternadas. Bruninho fez para o Bragança, mas Bilau mandou na trave, decretando o título do clube de Bragança.

E com o resultado os grupos da Primeira Divisão do Campeonato Paraense do ano que vem ficam definidos e este que está previsto para começar no dia 13 de janeiro.

O Bragantino integrará o Grupo A1, ao lado de Paysandu, Independente Tucuruí, Águia de Marabá e Cametá. Consequentemente, o vice Parauapebas fica no A2, junto com Remo, São Raimundo, Castanhal e Paragominas. A competição será iniciada com a partida entre Leão e Bragantino, em Belém, já que os duelos são cruzados, A1 contra A2.

Rodrigo Melo

Deixe uma resposta