Detran autuou 1.117 condutores por uso de celular ou fone de ouvido ao volante

0
380
foto: ASCOM / DETRAN

Cerca de 1.100 condutores foram autuados pelo Departamento de Trânsito do Pará (Detran) por dirigirem utilizando fones de ouvido conectado ao aparelho de som do carro ou celulares nos três primeiros meses deste ano. Segundo o órgão, os acessórios não podem ser utilizados pelos motoristas e a infração é considerada média, de acordo com o o artigo 252 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), tendo como penalidade uma multa estipulada em R$130,14.

O administrador Danilo Castro conta que já usou fones de ouvido enquanto estava dirigindo e quase sofreu um acidente. “Quando estava dirigindo minha moto, eu tinha o costume de usar fones de ouvido. Por causa disso, uma vez quase sofri um acidente, pois não escutei o carro se aproximar. Depois disso parei de usar”, afirma o motociclista.

O coordenador de planejamento do Detran, Valter Aragão, explica que o condutor deve ter a todo momento o domínio do veículo, sempre dirigir com atenção e cuidados para a segurança. “A atenção tem que estar voltada não só para a condição da visão dele, mas de uma maneira periférica, do que acontece, antever situações para que ele se antecipe, freie ou desvie. Então é ter o domínio do veículo em todos os sentidos”, diz.

Estudos – O uso de fones de ouvido já era uma preocupação há dez anos. Uma pesquisa feita por um grupo de estudos da Universidade Carnegie Mellon, nos Estados Unidos, mostrou que ouvir uma pessoa falando enquanto dirige reduz em 37% a atividade cerebral associada à direção. Isso significa que os motoristas ficam dispostos a cometer um erro tanto quanto uma pessoa que dirige sob influência de álcool.

Como o artigo 252 do CTB não especifica qual tipo de veículo, então todos os tipos estão sujeitos a serem multados. “O artigo 252 diz assim: ‘dirigir veículo’. A bicicleta é um veículo, a motocicleta também. Porém, o ciclista não pode ser multado, nós temos uma legislação própria pra multar pedestres e ciclistas, só que ela foi temporariamente suspensa pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito) para que se faça mais estudos em cima da forma de aplicação de multa para pedestres e ciclistas”, explica Valter Aragão.

O Detran alerta ainda que os ciclistas também precisam estar atentos aos sinais sonoros e tudo o que acontece na via, e o fone pode causar distração e ocasionar acidentes.

agenciapara.com.br

Deixe um comentário