Eliene Soares pede a implantação de tratamento fisioterapêutico para mulheres vítimas de câncer

0
100

A disponibilização de tratamento fisioterapêutico e de terapia ocupacional para as mulheres mastectomizadas na rede pública municipal de saúde foi solicitada pela vereadora Eliene Soares, na sessão ordinária da última terça-feira (3).

A Indicação nº 263/2017 foi proposta porque, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), em 2016 houve 57 mil novos casos de câncer em mulheres.

O câncer de mama traz diversas complicações motoras a seus portadores, como movimentação do braço e ombro, além de dificuldades na respiração e em atividades básicas do dia a dia, pois, mesmo nas cirurgias e procedimentos menos invasivos, há relevante perda da força muscular, momento em que o tratamento fisioterapêutico e de terapia ocupacional pode contribuir para bons resultados na recuperação, oferecendo recursos que visam a prevenção e diminuição da incapacidade e a promoção e desenvolvimento do potencial psicossocial.

“A proposta é colaborar com a recuperação e trazer significativa melhoria da qualidade de vida das mulheres”, destacou Eliene Soares.

No projeto apresentado pela vereadora, que foi aprovado pelos demais parlamentares e passará pelo crivo de implementações da administração municipal, foi sugerido que o tratamento seja ofertado na rede de atenção primária à saúde, a fim de garantir maior acesso aos pacientes.

O atendimento deverá alcançar mulheres que tenham sido submetidas a biópsia de mama, biópsia ou remoção de linfonodo, cirurgia de conservação da mama, reconstrução mamária ou a outro procedimento que possa afetar potencialmente o movimento do braço ou ombro.

Os serviços à disposição das pacientes devem conter drenagem linfática, alongamentos orientados, exercícios ativos, passivos e resistidos, exercícios respiratórios para funcionamento diafragmático e retirada de secreções, reeducação postural e readaptação domiciliar e ocupacional.

Texto: Josiane Quintino / Revisão: Waldir Silva / Foto: Anderson Souza (AscomLeg)

Deixe uma resposta