Em Parauapebas professores tem artigos publicados em livro da UFPA

0
183

O professor alfabetizador exerce um papel essencial na vida daqueles que estão começando a descobrir os mistérios das letras, dos números, do conhecimento. São profissionais que se dedicam para proporcionar aos alunos momentos significativos que despertam o gosto pela leitura e escrita.

Em Parauapebas, algumas dessas experiências obtidas com sucesso ganharam destaque, e as produções a respeito delas foram selecionadas para compor o livro “Saberes Constituídos no Ciclo da Alfabetização: a Trajetória do Pnaic Pará/UFPA”, lançado em setembro, em Belém, pela Universidade Federal do Pará.

Os artigos “A rotina pedagógica como instrumento de gestão da sala de aula no ciclo de alfabetização da educação no campo”, dos orientadores de ensino de Parauapebas Edson Oliveira, Maria Arnete Bezerra e Rosinalva Alves dos Santos, e “Gêneros textuais e aprendizagens em uma perspectiva interdisciplinar no ciclo da alfabetização”, também de Edson Oliveira, estão dentre os 24 textos da obra.

O livro aborda diversos métodos de alfabetização utilizados por educadores de vários municípios paraenses, por meio de artigos constituídos de experiências exitosas de alfabetizadores, coordenadores e orientadores de estudos em parceria com a comunidade escolar e outras. A obra servirá como ferramenta de estudo para os alunos do curso de licenciatura integrada da UFPA.

“Os artigos foram produzidos a partir da necessidade de ressignificar a prática e gerar mudanças de atitudes pedagógicas para garantir a consolidação de direitos de aprendizagens imprescindíveis na educação municipal. É fundamental a transposição da teoria para a prática por meio de estratégias significativas”, destaca o coordenador Edson Oliveira, que vê na publicação dos artigos uma conquista.

Maria Arnete assinala que o livro, além de subsidiar os estudos dos professores, irá promover discussões e reflexões sobre questões que permeiam o cotidiano escolar do professor alfabetizador. “Como educadora, é gratificante saber que em diversos contextos é possível divulgar e aprender com as práticas de outros profissionais, o que permite repensar também as nossas”, avaliou.

Assessoria de Comunicação – Ascom | PMP

Deixe uma resposta