Empossados novos conselheiros dos direitos da criança e adolescente

0
2178

Foram empossados na tarde desta quinta-feira, 9, os 40 integrantes – 20 titulares e 20 suplentes – do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Parauapebas (COMDCAP), agora presidido pelo servidor público Francisco Eloécio. Na vice-presidência, Aldo Serra, representante da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), e como secretário Rodrigo Leal, representante da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS).

DSC_0577DSC_0592 DSC_0619 DSC_0621

O novo conselho tem mandato de dois anos (2017-2018), podendo ser reeleito para mais dois anos. Os certificados que nomeiam os novos conselheiros foram entregues pelo titular da Semas, Jorge Guerreiro, que acredita na parceria entre a prefeitura e o Comdcap para que as crianças e adolescentes sejam melhores protegidas em Parauapebas. “É importante existir essa união, essa parceria até para que a gente possa dar ao conselho as condições que precisa para atender nossas crianças e adolescentes”, disse Guerreiro, ao parabenizar e reconhecer o trabalho do Comdcap.

O resultado dessa parceria está na criação da Casa do Conselho, proposta pelo prefeito Darci Lermen e, que muito em breve, será inaugurada no município. A concentração de todos os conselhos num só local é considerada de grande importância pelos conselheiros, para agilização e melhoria dos trabalhos tendo em vista que várias demandas exigem ação conjunta.

O novo presidente do Comdcap, Francisco Eloécio, disse que os maiores problemas enfrentados pela criança e adolescente estão na educação e na segurança pública. “Muito ainda precisa ser feito”, assinalou. Mas, sem dúvida, o enorme desafio do conselho é evitar que adolescentes entrem para o mundo do crime. “O nosso maior problema diz respeito ao menor infrator. É difícil conseguir mecanismos para solucionar isso”.

Mas a batalha segue, conforme pontuou Aldo Serra ao agradecer o apoio que recebeu durante os quatro anos que presidiu o Comdcap. “A gente não vai cair no comodismo no que trata da defesa da criança e do adolescente”. Visivelmente emocionado, Aldo destacou a importância do papel da Imprensa na luta do conselho para preservar os direitos de meninos e meninas, que só querem ser vistos e ter seus direitos respeitados.

“Estou aqui representando aqueles jovens que não têm vez, não têm voz e não têm seus direitos respeitados. Por mais que a sociedade tenha aceitado o potencial juvenil, ainda há exceções”, disse Ketlly Luana Nascimento, 17 anos, da Comissão de Adolescente do Comdcap.

O tom de voz de Ketlly Luana, ao falar para os presentes na posse, não era tanto de crítica. Era mais um apelo. “Gravem na caixinha de memória de vocês: precisamos fazer algo que transforme, que mude vidas”. A garota espera ações que envolvam e atraiam os adolescentes para dentro do próprio Comdcap a fim de que eles conheçam seus direitos. “Nossas ações podem influenciar tudo ao nosso redor”, disse Kettly, que, como adolescente, descobriu a importância de ser ouvido: “É tão bom, tão prazeroso saber que alguém escuta a nossa voz”.

Os demais presentes na mesa que presidiu a posse dos novos conselheiros do Comdcap, o vereador Joel do Sindicato (DEM), presidente da Câmara Municipal de Parauapebas, e a conselheira tutelar Gardenha Martins.

 

 

Texto: Hanny Amoras

Fotos: Matheus Costa

Deixe uma resposta