O nosso jornal

Flores, respeito e denúncia para combater a violência contra a mulher

SHARE
, / 294 0

Na contramão da violência, denúncia, flores, amor e respeito. Essa foi a mensagem levada por mulheres da Secretaria Municipal da Mulher (Semmu) durante a Blitz das Flores, que aconteceu na manhã de sábado, 08, pelas ruas de Parauapebas.

Motoristas e pedestres foram abordados para sensibilização quanto ao enfrentamento da violência contra a mulher e necessidade de denúncia de agressores, uma ação que faz parte do aniversário de 9 anos da Lei Maria da Penha, e acontece de 07 a 23 de agosto.

Promulgada em 07 de agosto de 2006, a Lei é considerada braço direito da mulher. Nasceu com objetivo de combater a discriminação, estimular a prevenção, erradicação e punição da violência doméstica e familiar contra a mulher. “Agora, não atuamos somente em caráter investigativo, mas também como proteção e prevenção à violência”, explica Ana Carolina Abreu, delegada titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam).
De acordo com a delegada, a rede de atendimento à mulher oferecida pela Semmu tem desempenhado um papel essencial no acompanhamento às vítimas de violência na cidade.

Composta pela Defensoria da Mulher, Casa da Mulher, Casa Abrigo e Centro de Referência da Mulher, a rede oferece desde o acolhimento até assistência jurídica, psíquica e assistencial, “uma forma de dar suporte e incentivar mulheres a interromper a rotina de violência que possa estar vivendo. A Semmu tem sido uma grande parceira nesse processo”, assume Ana Carolina.

Segundo a secretária da Semmu, Cimeire Silva, a lei foi um grande marco na conquista dos direitos da mulher, no entanto, não só a mulher agredida como a comunidade também pode contribuir na luta contra a violência. “Não podemos ser coniventes com qualquer que seja o tipo de violência. Precisamos ter atitude e denunciar agressores”, disse Cimeire.

Canais de comunicação estão à disposição da mulher que sofra qualquer tipo de violência ou de testemunhas: Disque Denúncia Contra a Mulher (180), Polícia Militar (190) e Delegacia da Mulher: (94) 3346-8188.


Programação e abertura

Para marcar a data da promulgação da Lei Maria da Penha, mulheres do Projeto Movimentação da Secretaria Municipal da Mulher (Semmu) realizaram, na sexta-feira, 07, a abertura da programação de aniversário de 9 anos da Lei, com apresentação de dança. A abertura aconteceu dentro da Mostra de Artes dos Servidores Públicos de Parauapebas (Maspp), no Ginásio Poliesportivo.

A programação continua até dia 23 de agosto com palestras socioeducativas e informativas sobre a Lei Maria da Penha, que serão ministradas por assistentes sociais, advogadas da Defensoria da Mulher e pela delegada da Mulher, Ana Carolina Nunes, em escolas e empresas.

Nos dias 22 e 23, a 5ª Edição da Copa Intermunicipal Maria da Penha encerra a programação. O evento esportivo reunirá equipes de Marabá, Eldorado do Carajás, Curionópolis, Canaã dos Carajás e Parauapebas.

Programação

De 11 a 14 de agosto
Palestras Socioeducativas e Informativas sobre a Lei Maria da Penha
Local: Escolas e empresas, a partir das 19h

Dia 22 de agosto
Abertura da Copa Intermunicipal Maria da Penha
Local: Complexo Esportivo Rio Verde, a partir das 8h

Dia 23 de agosto
Final da Copa Intermunicipal Maria da Penha
Local: Estádio Rosenão, a partir das 15h.

Leave A Reply

Your email address will not be published.