Governo ouve demandas da comunidade escolar da unidade Nelson Mandela

0
515

O governo municipal, representado pelo secretário municipal de Educação, Luiz Vieira, se reuniu com a comunidade dos bairros Tropical e Ipiranga na terça-feira, 9, para tratar de assuntos relacionados ao atendimento dos alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Nelson Mandela.

O objetivo do encontro foi ouvir reivindicações da comunidade, tendo em vista que um anexo precisou ser criado para atender a demanda excedente de alunos. A escola Nelson Mandela foi projetada há cinco anos e na época havia uma quantidade de alunos bem menor na comunidade.

“Quando a escola foi planejada, tinha capacidade para atender mais que o dobro de alunos matriculados à época. Com 14 salas de aula, ela foi estruturada para receber cerca de 1.400 alunos, mas a demanda atual é de 1.700”, informou Vieira.

Segundo o gestor, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) procurou no complexo Tropical um prédio que comportasse os alunos excedentes, mas não foi encontrado espaço com capacidade e condições necessárias para o funcionamento das atividades escolares.

“Só encontramos um prédio com estrutura capaz de atender a demandada em outro bairro, local em que já funcionou uma escola. Fizemos as adequações necessárias para que o espaço pudesse atender com mais qualidade”, destaca o secretário.

Estiveram presente à discussão integrantes da comissão de Educação da Câmara Municipal, formada pelas vereadoras Eliene Soares, Francisca Ciza e Kelen Adriana; o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Parauapebas (Comdcap), Aldo Serra; representantes do Conselho Tutelar, da associação do bairro e a gestão da escola.

A vereadora Eliene Soares destacou a importância de providenciar a construção de uma nova escola para o bairro, o mais breve possível. As sugestões da comunidade para possibilitar o atendimento de todos os alunos do complexo Tropical na escola Nelson Mandela foram recebidas pela gestão da Semed, que vai trabalhar para atender dentro do possível.

Texto: Messania Cardoso

Fotos: Messania Cardoso

Assessoria de Comunicação – ASCOM | PMP

Deixe um comentário