Homem é preso em flagrante vendendo doce recheado com maconha

As prisões foram realizadas em bairros da área nobre de Belém. Com eles foram apreendidas drogas, incluindo maconha. Um dos presos - Oscar Santos - foi flagrado no momento em que comercializava bolinhos de chocolate recheados com maconha.As prisões foram realizadas em bairros da área nobre de Belém. Com eles foram apreendidas drogas, incluindo maconha. Um dos presos - Oscar Santos - foi flagrado no momento em que comercializava bolinhos de chocolate recheados com maconha.

0
141
foto: Ascom / Policia civil

Policiais civis da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) prenderam em flagrante, nesta segunda-feira (11), Oscar Lifschiitz Fernandes Santos e Waxel da Silva e Silva, por tráfico de entorpecentes. As prisões foram realizadas em bairros da área nobre de Belém. Com eles foram apreendidas drogas, incluindo maconha. Um dos presos – Oscar Santos – foi flagrado no momento em que comercializava bolinhos de chocolate recheados com maconha.

As prisões ocorreram durante a tarde, após recebimento de denúncias anônimas sobre um homem que estava oferecendo entorpecentes a estudantes de uma faculdade particular, no bairro do Umarizal, centro da capital paraense.

Foto: Ascom / Policia Civil

Policiais civis foram ao endereço e identificaram um homem com as mesmas características físicas do suspeito descrito na denúncia. Ele foi abordado pelos policiais no momento em que vendia os “bolinhos” com maconha. Flagrado, Oscar Santos confirmou que estava no local para vender drogas camufladas em doces. Após a prisão, a equipe policial foi à casa do homem acusado de ser o comparsa de Oscar, no bairro da Cidade Velha.

Foto: Ascom Policia Civil

Segundo o delegado Augusto Potiguar, diretor da Denarc, com a prisão de Oscar a equipe policial conseguiu identificar o endereço do fornecedor da droga. Os policiais fizeram uma revista na casa, onde encontraram mais porções dos “bolinhos” com entorpecentes e uma substância com aspecto e odor característico de maconha.

O morador da casa, Waxel da Silva e Silva, também acabou preso em flagrante. Ambos foram autuados pelo crime e permanecerão à disposição da Justiça.

Por Walrimar Santos/Agencia Pará

 

Deixe um comentário