Joaquim Barbosa acusa advogados de tentar corromper processos na Justiça

0
2908

O ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa usou sua conta no Twitter para criticar os encontros que advogados de empreiteiras sob investigação na Operação Lava Jato, da Polícia Federal, tiveram com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a quem a PF é subordinada.
Segundo Barbosa, “Se você é advogado num processo criminal e entende que a polícia cometeu excessos/deslizes, você recorre ao juiz. Nunca a políticos!”, escreveu Barbosa na rede social na madrugada desta terça (17). “Os que recorrem à política para resolver problemas na esfera judicial não buscam a Justiça. Buscam corrompê-la.”
No sábado (14), ele havia recorrido ao Twitter para defender a demissão de Cardozo por causa de seus encontros com advogados
Outro lado

Cardozo reconheceu ter encontrado advogados das empreiteiras, mas disse que não cometeu nenhuma ilegalidade. “Não há absolutamente nada de ilegal ou de irregular no fato de que o Ministro de Estado da Justiça receba advogados que pretendem representar contra eventuais atos ilegais que julguem ter ocorrido no âmbito da atividade de órgãos da pasta”, afirmou em nota. “Alias, é dever do Ministério da Justiça receber estas representações e determinar o seu regular processamento, sob pena de incorrer em grave violação legal.”
(Fonte: Folha | Edição de texto: Pedro Nascimento).

Deixe uma resposta