Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero em São Paulo

0
104

Duas pessoas, entre elas o jornalista Ricardo Boechat, 66 anos, morreram após um helicóptero cair em trecho do Rodoanel que dá acesso à rodovia Anhanguera, na zona oeste de São Paulo, na manhã desta segunda-feira (11). Os corpos das vítimas foram carbonizados após a aeronave pegar fogo. Conforme o apresentador José Luiz Datena, Boechat retornava a São Paulo após palestra em Campinas. Na manhã desta segunda, Boechat falou em seu programa matinal no rádio sobre a sucessão de tragédias no país, como Brumadinho, e no ninho do Urubu, no Rio de Janeiro.

acidente aconteceu na altura do km 7 do Rodoanel, sentido Castelo Branco, próximo a uma praça de pedágio. Um caminhão com placas de Caxias do Sul, na Serra, foi atingido pela aeronave, ferindo o motorista João Tomankeves, 48 anos. A aeronave era um Bell Helicopter, fabricado em 1975, tinha capacidade para cinco pessoas, sendo um piloto e quatro passageiros.

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista IstoÉ. Ele também trabalhou nos jornais O GloboO DiaO Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo. Ganhou três vezes o Prêmio Esso, um dos principais do jornalismo brasileiro.

No twitter, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) prestou solidariedade às famílias do jornalista e do piloto.

 

Fonte/foto G1

 

Deixe um comentário