O nosso jornal

Mototaxistas protestam contra preços de impostos

SHARE
, / 351 0

Vários mototaxistas compareceram à Prefeitura Municipal de Parauapebas na manhã de ontem, quarta-feira, 8. Eles protestavam contra os valores cobrados pelo Alvará de Licença e do CAT (Certificado de Adequação à Legislação de Trânsito), que qualificam como abusivo. Trata-se de R$ 160, pelo Alvará e R$ 57, pelo CAT.
Uma comissão de quatro membros foi recebida pelo Secretário Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (SEMSI), Eliésio Miranda Ferreira, que junto com a até então Ouvidora Municipal Neuraci Pereira Braga e membros da Procuradoria do Município, ouviram as reivindicações da categoria e alegou que por se tratar de impostos e não de tarifas, só poderá ser mudado com a alteração da Lei. Sendo assim, alterando a Lei este ano só poderá mexer nos valores no próximo ano, 2016.
Outra reclamação apresentada pelos manifestantes foi o valor dos coletes, de uso obrigatório para o desempenho da função, que segundo eles tinha um preço superfaturado enquanto pode ser adquirido por pouco mais de R$ 50.
Após recebidas as reivindicações, o Secretário Municipal de Segurança deixou encaminhado que irá propor a mudança da Lei convertendo os impostos em tarifas. Quanto ao colete ficou definido que cada mototaxista ou cooperativa poderá comprar onde lhe convier. (Reportagem: Francesco Costa – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar)

Leave A Reply

Your email address will not be published.