Polícia Civil e ICEN da UFPA firmam parceria para desenvolvimento de tecnologias voltadas à investigação policial

O encontro foi uma oportunidade para viabilizar parcerias e convênios visando desenvolvimento de tecnologias a serem utilizadas na investigação policial. Na ocasião, eles apresentaram à Instituição Policial um protótipo do sistema que integra a Gestão da Identificação Civil e Criminal. 

0
73
Enviado por walrimar

O delegado-geral Alberto Teixeira recebeu, na quinta (07), as visitas dos professores Raimundo Viegas Junior, do Instituto de Ciências Exatas e Naturais (ICEN), da Universidade Federal do Pará (UFPA); Armando Jorge Hage Filho, do Departamento de Matemática e Estatística da UEPA (Universidade do Estado do Pará), e Aristides Freire Hage, Analista Sênior do Parque de Ciência e Tecnologia (PCT), da UFPA. O encontro foi uma oportunidade para viabilizar parcerias e convênios visando desenvolvimento de tecnologias a serem utilizadas na investigação policial. Na ocasião, eles apresentaram à Instituição Policial um protótipo do sistema que integra a Gestão da Identificação Civil e Criminal. 

Eles também tiveram a possibilidade de conhecer o recurso da tecnologia AFIS (Identificação Automática de Impressões Digitais) e do reconhecimento facial apresentados pela Polícia Civil. Estiveram no encontro, além do delegado-geral Alberto Teixeira, o delegado-geral adjunto Dilermano Tavares, e os diretores de Identificação, Manutenção e Estatística (DIME) da Polícia Civil, delegada Perpétua Picanço; o assessor de planejamento estratégico, delegado Rodrigo Galende; o diretor do Núcleo de Inteligência Policial, delegado Samuelson Igaki; e o diretor do Interior, delegado José Humberto Melo.

O encontro serviu também para debater pontos do protótipo e conhecer as funcionalidades do mesmo, visando avaliar os possíveis impactos na Identificação Civil e na Segurança Pública do Estado do Pará. O desenvolvimento da ferramenta tecnológica (AFIS) está sendo assessorado, na Polícia Civil, pela delegada Perpétua Picanço, diretora da DIME, e pelos papiloscopistas Célia de Lima Cordeiro, diretora da DIDEM (Diretoria de Identificação “Enéas Martins”), Anderson Dilarin, Roberto Valentim e Carlos Augusto Rocha. A implementação do software ajudará na modernização do Sistema de Identificação Civil no Pará para proporcionar uma rápida identificação de pessoas envolvidas em crimes.

A ferramenta também possibilitará fomento para desenvolver a tecnologia em âmbito regional, de forma a aproximar a Universidade Federal do Pará e a Polícia Civil do Estado do Pará. Outro ponto do projeto visa suprir as exigências do Governo Federal para implantação da nova Carteira de Identidade com padrões nacionais e de integração nacional. O projeto é o ciclo inicial para integrar outros projetos voltados à Segurança Pública, que fazem parte da estratégia da DIDEM e da DIME para a modernização das investigações policiais, com o uso de tecnologias inovadoras. As Diretorias seguem as diretrizes do delegado-geral Alberto Teixeira visando a evolução da Instituição Policial na era digital.

Fonte: policiacivil.pa.gov.br

 

Deixe um comentário