Policia investiga morte da esposa Samaritano

0
441
foto: redes sociais

A Divisão de Homicídios de Parauapebas investiga a morte de Dyana Sousa e Silva 36 anos, a jovem era esposa do agente de trânsito Diógenes Samaritano de 37 anos.

Segundo o delegado Gabriel, a policia ficou sabendo do ocorrido por uma ligação feita por um dos advogados de Samaritano relatando que a esposa do mesmo teria cometido suicídio, ao tomar conhecimento a policia foi até o local onde o casal morava e chegando lá foi constatado de fato que Dayse estava morta e seu companheiro não se encontrava mais no local e nem o filho do casalo.

De imediato o delegado montou uma força tarefa para localiza Samaritano, no período da tarde o delegado fez uma diligencia no sentido de localiza-lo, pois o mesmo poderia esta no escritório dos advogados, então foi montada uma campana próxima ao escritório onde o delegado percebeu que os carros dos advogados estavam próximos ao local e que também o carro do Samaritano estaria ali por perto, e o cadeado do escritório também estava pra o lado de dentro.

Os policias continuaram a observar, ao se passar algum tempo de espera um dos advogados foi visto pelo delegado saindo do local enquanto o outro espiava pela janela no intuito de vê alguma movimentação estranha do lado de fora, algo que levou o delegado Gabriel ter a certeza de que Samaritano estaria no escritório.

O delegado entrou em contato com o com o advogado e então eles entraram no escritório vendo o Samaritano lá deu voz de prisão e o conduziu ate a 20ª Seccional de policia Civil de Parauapebas onde prestou depoimento e se encontra detido a disposição da justiça.

foto: redes sociais

As investigações agora caminham para saber se realmente a vitima teria se suicidado como fala o acusado, ou o motivo da morte dele teria sido outra uma vez que a policia não descarta a possibilidade da morte dela ter sido outro.

O local foi periciado e esta sendo analisado cuidadosamente para que o inquérito seja concluído, enquanto isso o que se comenta desde as primeiras horas quando a população souber da morte de Dyana são comentários de tristeza, revoltas e raiva nas redes sóciais, mais vale ressaltar que o inquérito ainda esta em andamento e nada ainda foi confirmado sobre o que levou a morte da jovem.

Edvan Lopes

Deixe um comentário