Polícia Militar fala sobre quadrilha acusada de matar PM em Parauapebas

0
166

Durante a tarde desta segunda-feira (18), o Major PM Pontes divulgou em grupos de WhatsApp, nomes de pessoas, que de acordo com a polícia, formam uma quadrilha que é suspeita de ter envolvimento na morte do PM Cabo Santarém, ocorrida em Parauapebas na semana passada.

Confira abaixo a notícia compartilhada pelo Major Pontes:

Por volta das 15h00 da última sexta-feira (15), seis meliantes (quatro homens e duas mulheres) entraram em um estabelecimento comercial na Vila Sororó, rendendo os proprietários, funcionários e clientes, roubaram dois carros na fuga e seguiram sentido Marabá. A GUPM da referida vila de pronto atendeu a ocorrência e repassou via rádio as características dos veículos. A Guarnição da VTR 0439 seguiu no apoio e se deparou com os veículos na BR-155. Os acusados abandonaram os carros e entraram no matagal as margens da BR. As guarnições iniciaram as incursões com apoio do GTO. Quatro dos seis foram capturados, 2 mulheres e 2 homens, porém esses 2 últimos não obedeceram a voz de prisão, atiram contra GUPM, a qual reagiu a injusta ameaça, vindo a serem atingidos. Ambos foram socorridos, porém não resistiram aos ferimentos. Os outros 2 conseguiram fugir.

Os acusados são: Mateus Euzébio Braga da Silva de 20 anos (óbito); Tiago Conceição da Silva de 30 anos (óbito); Hana Carolina do Nascimento Batista de 18 anos (presa); Adolescente G.C.O de 17 anos (apreendida).

Entre os material apreendidos: 1 Revólver calibre 38 com 3 Munições deflagradas; 1 Revólver calibre 32 com 4 Munições deflagradas; Espingarda calibre 20 com 2 Munições deflagradas e 3 sobressalentes; 1 Espingarda por fora; 1 Carregador .40 com 1 munição; 6 Celulares; 1 Notebook; 1 Tablete; 1 Vídeo game PS2; 2 Veículos recuperados.

Investigações: De acordo com informações das autoridades policiais, o celular da viúva do Cabo Santarém que foi roubado no dia em que ele foi morto, foi recuperado em poder de membros da quadrilha.

Com informações do portal Pebinha de Açucar

 

Deixe uma resposta