POR QUEBRA DE DECORO PSB PROTOCOLA REPRESENTAÇÃO CONTRA WLADIMIR COSTA

0
287

Os deputados federais do PSB protocolaram uma representação por quebra de decoro parlamentar no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados contra a deputado Wladimir Costa (Solidariedade-PA) após as denúncias de que o parlamentar teria assediado sexualmente a jornalista Basília Rodrigues, da rádio CBN.

O caso teria ocorrido após um jantar na casa do vice-presidente da Câmara, Fábio Ramalho (PMDB-MG), no último dia 1º de agosto. A jornalista questionou Wladimir Costa sobre a veracidade da polêmica tatuagem do nome do presidente Michel Temer e pediu que o deputado a mostrasse.

Segundo a denúncia, Wladimir teria respondido que, para a repórter, só mostraria se fosse “o corpo inteiro”. A jornalista pediu respeito para o parlamentar e questionou novamente sobre a veracidade da tatuagem. O deputado paraense respondeu:“eu tenho várias tatuagens no corpo inteiro, amor”.

Diante de nova pergunta da repórter, o deputado se afastou, levantou o dedo rindo e falou, apenas gesticulando com os lábios: “não”. Quando a repórter disse “então é porque é de henna”, o parlamentar concordou com a cabeça e foi embora rindo.

Depois da polêmica vir à tona, Wladimir Costa ainda usou as redes sociais para negar as acusações, afirmando que ninguém acreditaria em assédio sexual contra a repórter já que, segundo ele, Basília “foge totalmente dos padrões estéticos que, supostamente, despertariam algum tipo de desejo em alguém”.

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados pode punir o deputado de diversas maneiras: desde uma advertência até a perda do mandato.

(Com informações do site UOL)

Deixe uma resposta