Prefeitura acelera obra da unidade Parápaz Parauapebas

0
366

Equipes da Prefeitura de Parauapebas; Murilo de Souza, representante da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) e o deputado estadual Chamonzinho (MDB) acordaram, em visita à unidade Parápaz Integrado nesta quinta-feira, 21, que o Governo do Estado será comunicado sobre a necessidade da liberação de recursos como contrapartida para a conclusão da unidade no município.

A implantação da unidade é fruto de iniciativa da prefeitura municipal que além da destinação de recursos, cedeu o terreno para a obra que tem 1.670 m² de área construída e que está 55% pronta em razão do esforço empregado pelo município.

A parceria entre o município e o Estado foi anunciada após concordância entre a Secretaria da Mulher (Semmu) e a na época, Fundação Propaz, por meio de convênio de n°01/2014 anunciado em abril de 2013. Mas para colocar a unidade em funcionamento o mais breve possível, além da obra, o município já solicitou ao Estado contrapartida para a aquisição de equipamentos mobiliários, além de cooperação para o preenchimento do quadro de servidores.

O deputado Chamonzinho reforçou que a necessidade de concluir a unidade será discutida juntamente com o governo estadual: “Nós levaremos a situação desta obra ao governador Helder Barbalho para que possamos o mais breve possível viabilizar sua conclusão que será extremamente importante para a região”, disse o parlamentar.

Para a secretária da mulher, Ângela Silva, é importante também garantir um recomeço às mulheres que serão atendidas pela unidade. “Além do atendimento já previsto no Parápaz, é necessário que a mulher receba também capacitação profissional para ter realmente condições de ter uma nova vida”, afirmou a gestora.

“O município está fazendo o seu papel e conta agora com esse olhar especial do governo estadual para concluir não só esta, mas também outras obras importantes em Parauapebas.”. Defendeu o vice-prefeito, Sérgio Balduíno.

A fundação Parápaz é referência em acolhimento psicossocial, médico e defesa social para crianças, adolescentes e mulheres em situação de vulnerabilidade social.  As políticas públicas têm o objetivo de amparar e dar condições de desenvolvimento humano às vítimas das mais diversas violências com a política de promoção da paz e do bem-estar.

A unidade que deverá atender não só a população de Parauapebas, mas de toda a região, deverá ficar pronta em até 90 dias após a concretização do repasse por parte do Governo do Estado, conforme planejamento feito pela Secretaria Municipal de Obras (Semob) e ampliará o atendimento à comunidade que já é feito hoje pela Semmu, por instituições estaduais e organizações não governamentais no município.

Texto: Jéssica Diniz

Fotos: Gilberlan Reis

Assessoria de Comunicação – ASCOM | PMP

Deixe um comentário