Primeira noite do ‘Alegria para Cristo’ reúne mais de 3 mil pessoas

0
266

A noite de quinta-feira, 23, foi de festa no Ginásio Poliesportivo. Mais de três mil cristãos marcaram presença no local para participar da abertura de um dos eventos mais esperados do ano: o primeiro “Alegria Para Cristo”.

Atração 1 Atração 2 Atração 3 Darci Lermen Mais de 3 mil pessoas estiveram no evento

O evento é realizado pela Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) e que superou a expectativa da organização.

Uma grande estrutura de palco e som foi montada dentro do ginásio, no bairro Beira Rio I, para receber a multidão. Vários cantores locais e regionais passaram pelo palco, assim como atrações nacionais, como o DJ PV, que movimentou o público. O prefeito Darci Lermen e a primeira dama Viviane, acompanhados pelo secretário de Cultura, Popó Costa, prestigiaram o evento, que se prolongou por mais de três horas.

“Estou muito emocionado com esse evento. O povo evangélico precisa se divertir através de eventos dessa natureza. No próximo ano, a prefeitura terá o maior prazer de continuar com esse projeto festivo maravilhoso”, disse o prefeito.

Essa é a quarta vez que o DJ PV se apresenta em grande estilo em Parauapebas. Ele considera a cidade “maravilhosa e abençoada por Deus” e conta que sempre foi bem recebido pelo público de Parauapebas. Além dele, o cantor de Parauapebas, Elielson Moura, também se apresentou. Ele está fazendo carreira em quase todo o Brasil. “Eu me sinto honrado em fazer parte desse evento de adoração a Cristo, pois tudo que faço é voltado para o nosso Deus. A organização está de parabéns”, ressaltou Elielson.

Também se apresentaram no evento, a Banda ADL e a cantora Nice Souza, que já tem três CDS gravados. Em meio à multidão, a alegria estava estampada no rosto de quem participou do evento. “Gente, que multidão abençoada. Aqui tem milhares de pessoas, todas cantando e adorando ao nosso Deus. Isso é lindo e emocionante”, falou a jovem evangélica Silmara Silva Souza, 22 anos.

Deixe uma resposta