Roda viva – edição 1308

0
355

Em reunião realizada na última quinta-feira, 10, em Marabá, prefeitos ligados à Associação dos Municípios do Araguaia, Tocantins e Carajás (AMATCarajás) decidiram paralisar as atividades das prefeituras sob seu comando *** No dia da ação, quarta-feira, 16, apenas os serviços de saúde de urgência e emergência dos municípios irão funcionar. Segundo a entidade, essa é uma forma de sensibilizar o governo estadual com relação à “situação crítica” na qual se encontram os municípios paraenses *** Parauapebas participou da reunião, representada pelo assessor especial do prefeito Valmir Mariano, Alberto Souza. No entanto, a prefeitura do município não vai aderir à paralisação *** Segundo a Assessoria de Comunicação (Ascom), o Governo Municipal considera a paralização das prefeituras associadas à AMATCarajás uma ação democrática. Contudo, entende que conseguirá resultados mais efetivos por meio do diálogo com o Governo do Estado *** No dia da paralisação haverá uma sessão especial na Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) para discutir a crise apontada pela AMATCarajás. “Os municípios esgotaram completamente os seus recursos, por isso precisamos mostrar a crise financeira para que todos tenham conhecimento. Precisamos nos unir e buscar uma solução”, disse o presidente da AMATCarajás, Válber Milhomem. O requerimento para a realização da sessão é de autoria do deputado estadual João Chamon (PMDB) *** A Ascom confirmou a participação da prefeitura na sessão especial da Alepa, mas não informou se o representante do município na ocasião será o próprio prefeito *** O Prefeito Municipal de Parauapebas, no uso de suas atribuições, torna pública a nomeação dos candidatos classificados no Concurso Público 001/2014 NS e NMNF, destinado ao preenchimento de vagas de cargos de Administrador, Assistente Social, Economista, Enfermeiro, Engenheiro Eletricista, Nutricionista, Psicólogo e Técnico em Enfermagem, para o quadro de pessoal efetivo de Superior e Nível Médio da Prefeitura, conforme Publicação na Imprensa Oficial do Estado do Pará – IOEPA Edição Nº 32969, sob protocolo Nº 874082, no dia 11 de setembro de 2015 *** Em virtude disto, solicitamos o comparecimento de todos os candidatos NOMEADOS à Prefeitura Municipal de Parauapebas/Coordenadoria de Treinamentos e Recursos Humanos, localizada no Morro dos Ventos, Bairro Beira Rio II, em suas respectivas datas e horários agendados conforme cronograma de habilitação (em anexo), munidos de todos os documentos listados abaixo e dos exames solicitados de acordo com os cargos específicos *** Além do atendimento de segunda a sexta, das 8 às 16 horas, o posto de atendimento do Cartório da 75ª Zona Eleitoral, localizado na Rua Rio Azul, s/n, Bairro Beira Rio I, também funcionará aos sábados, a partir deste 12 de setembro. Mesmo com a implantação do agendamento pela internet para o recadastramento eleitoral biométrico, a procura dos eleitores pelo serviço ainda é pequena *** A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) divulgou na última terça-feira, 18, o nono Informe Epidemiológico sobre a situação da dengue no Pará, que confirma 3.541 casos da doença este ano em todo o Estado, até agora. No mesmo período do ano passado, foram 2.483 ocorrências, o que representa um aumento de 29,87%. Belém é o município que mais registrou doentes com dengue este ano: 990 no total *** Além da capital paraense, os municípios com maior incidência de casos confirmados este ano são Parauapebas (320), Altamira (247), Senador José Porfírio (183), Canaã dos Carajás (126) e Alenquer (108). Quatro mortes por dengue foram confirmadas este ano, duas na capital paraense, uma em Rurópolis e uma em Altamira. A Sespa orienta que as Secretarias Municipais de Saúde informem em um período de 24 horas a ocorrência de casos graves e mortes suspeitas *** Para a confirmação de óbitos é necessária a investigação epidemiológica com aplicação do Protocolo de Investigação de Óbito do Ministério da Saúde, que prevê exames específicos em laboratórios credenciados do Estado, como o Laboratório Central (Lacen) e o Instituto Evandro Chagas (IEC) – que são credenciados pelo Programa Nacional de Controle da Dengue – para o correto encerramento de casos graves e óbitos no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan).

free best wordpress themes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here