Roda viva – edição 1313

0
381

Após anos de reivindicação dos movimentos sociais e associações de moradores das comunidades que vivem à beira da estrada que liga Marabá à São Felix do Xingu, conhecida como estrada do Rio Preto, finalmente foi dado o primeiro passo para estadualização desta via *** No inicio da tarde de hoje (06), durante reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da ALEPA foi aprovado, por unanimidade, o Projeto de Indicação Nº 33/2015, de autoria da Deputada Eliane Lima (PSDB), que dispõe sobre a estadualização dos 260 km do corredor que liga Marabá à São Felix do Xingu, atravessando seis municípios do sudeste paraense onde estão localizadas quinze comunidades, entre distritos, vilas e assentamentos *** A região do Rio Preto constitui relevante celeiro agrícola de Marabá e Itupiranga, e esta vicinal representa um importante trecho de acesso às comunidades, sendo uma área de acentuado índice populacional onde residem, aproximadamente, 50 mil habitantes e onde o tráfego de veículos de pequeno e grande porte é intenso *** A estadualização desta estrada é necessária para que o governo do estado possa administrar este trecho, possibilitando assim melhor trafegabilidade, qualidade e segurança para seus usuários, promovendo o desenvolvimento da região e viabilizando o escoamento da produção agropecuária e mineraria oriunda da região *** As pontes das estradas dos Projetos de Assentamentos (PAs) Jerusalém, Sul Carajás I e II estão em péssimo estado de conservação e tem causado transtornos para quem mora nessa região ou precisa transitar pelo local. Em visita a essas vias, o vereador Ivaniti Silva, o Barrão (PSDC), constatou que as pontes precisam de reparos urgentes *** “Trata-se de uma solicitação visando realizar políticas públicas voltadas para a zona rural do município. O mau estado de conservação dessas pontes está dificultando a passagem de veículos, causando transtornos e revolta aos moradores da região, os quais esperam há muitos dias que a referida ponte seja recuperada”, relatou Barrão *** O vereador Barrão apresentou também o Requerimento nº 049/2015, pedindo a manutenção e a iluminação de pontos de parada de ônibus nos bairros dos Minérios, Tropical, Populares I e II, Da Paz, Altamira, Nova Vida e na VS10 *** Segundo o parlamentar, os pontos de paradas de ônibus se encontram atualmente em péssimo estado de conservação e totalmente escuros, sem qualquer iluminação, causando medo e insegurança a todos que precisam fazer uso dos locais mencionados *** Os dois requerimentos foram aprovados e serão encaminhados para o prefeito Valmir Mariano e aos secretários de Obras, Plácido Farias, e de Urbanismo, Augusto Marques. a vereadora Teca Gonçalves (PV) solicitou ao Poder Executivo Municipal a restauração de todos os pontos das paradas de ônibus instaladas na cidade. O pedido foi apresentado durante a sessão ordinária da Câmara Municipal na última terça-feira (6) *** Para a vereadora, as obras vão proporcionar maior conforto para os passageiros do transporte público. “Tal medida se faz necessária, pois a população está sofrendo com o precário estado de conservação dos pontos das paradas de ônibus. Ademais, tendo em vista que se aproxima o período chuvoso em nossa região, é de suma importância que os usuários do transporte público disponham de um local adequado para utilização”, enfatizou *** A SOMOS Educação vem a público esclarecer que, ao contrário do noticiado por alguns veículos de comunicação, não pretende encerrar suas atividades no segmento de literatura e paradidáticos. A SOMOS Educação tem orgulho de seu catálogo de 1,2 mil obras, e continuará investindo em sua evolução. Em 2015, foi investido R$ 1,8 milhão nesta atividade. Há menos de um mês, a empresa relançou a renomada Série Vaga-Lume, o que comprova seu compromisso com o segmento, e em breve relançará outros títulos desta coleção.

Deixe uma resposta