O nosso jornal

Saiba como economizar na conta de energia

SHARE
, / 157 0

Evitar o desperdício é regra de ouro quando falamos em orçamento doméstico. Um cenário econômico não muito favorável exige medidas para economizar e priorizar o consumo racional, principalmente no que diz respeito a energia elétrica. Ar-condicionado, geladeira, iluminação residencial e outros eletroeletrônicos podem ser responsáveis por abocanhar uma boa parte desses gastos se não forem usados corretamente.

Para ter uma ideia, o ar-condicionado pode representar de 40% a 50% da conta de energia. Os do tipo Split de até 10 mil BTUs consomem cerca de 192,28 kWh se ligado 8 horas por dia durante 30 dias, custando em torno de R$ 107,52 na conta, sem contar taxas e outros encargos.

Mas não há motivos para se alarmar. Para diminuir os gastos, seguir umas dicas simples e ter algumas atenções na hora da compra de aparelhos pode ajudar muito. No caso refrigeradores de ar, o ideal é comprar equipamentos com a função Inverter, que oferece maior eficiência quando usados por longos períodos.

Já as geladeiras costumam ter a fatia de 30% do total da conta de energia. Para evitar gastos excessivos, a borracha deve garantir uma boa vedação da porta e estar em boas condições de uso. Também está proibido secar roupas na parte de trás e guardar alimentos quentes.

Para a iluminação residencial, que pode representar até 25% da conta de energia, o ideal é não acender lâmpadas durante o dia e aproveitar, ao máximo, a luz natural. Lâmpadas de LED, além de durarem mais, consomem menos e podem dar uma economia de 80% na conta de energia.

De acordo com o líder da área de Inovação e Eficiência da Celpa, Hugo Cardoso é importante ter cuidado com outros aparelhos, “Ainda entram para essa lista de possíveis ofensores, o ferro de passar roupa, a bomba d’água, máquina de lavar roupa e o chuveiro elétrico. Mas o consumo racional e a adequação de alguns hábitos podem ajudar a manter o orçamento doméstico sob controle no que diz respeito aos gastos com energia”, orienta.

A principal orientação na hora de comprar eletrodomésticos é buscar produtos com o selo PROCEL/INMETRO de economia de energia, a indicação na categoria “A”, que são os mais econômicos.

SIMULADOR DE CONSUMO

Para observar o consumo de eletrodomésticos de uso residencial, o site da Celpa disponibilizou um simulador de consumo. Nessa área do portal, é possível visualizar a planta de uma residência e indicar quais os eletrodomésticos que utiliza no dia a dia em cada cômodo, assim como o período de uso. A partir daí será gerada uma estimativa da quantidade de kWh consumidos no mês de acordo com a potência de cada aparelho.

Leave A Reply

Your email address will not be published.