Taxistas e mototaxistas interditam acesso à Prefeitura de Parauapebas

0
1893

Reuniu uma grande quantidade de mototaxistas e taxistas para manifestar nas dependências do Centro Administrativo da Prefeitura Municipal de Parauapebas, localizado no Morro dos Ventos. O protesto teve início na manhã de quarta-feira (04) e causou transtorno a muita gente.
Depois de interditarem o acesso ao Palácio do Governo, nenhum veículo entrou ou saiu do local, e os manifestantes afirmavam que só liberavam a área após serem recebidos e tivessem um sinal positivo quanto a pauta de reivindicação apresentada por eles.
Uma comissão formado pelos manifestantes foi atendida ainda pela manhã por um grupo de representantes do governo municipal, por volta de 10h30, quando oficializaram a entrega da pauta de reivindicação.
Veja os tópicos apresentados pela Cooperativa de Taxistas e Mototaxistas:
• Decreto limitando concessões para táxi e moto-táxi;
• Alterações da Lei do Transporte;
• Fiscalização do transporte clandestino;
• Construção de novos pontos de apoio ao transporte;
• Doação de uma área para construção de um clube social;
• Liberação de recursos para a profissionalização de novos permissionários (curso Sest/Senat);
Em Parauapebas, segundo representantes das categorias, existem 745 mototaxistas e 415 taxistas regulamentados. Contudo, uma das maiores reivindicações dos manifestantes é a fiscalização em relação aos “táxi-lotação” e mototaxistas clandestinos. Eles exigem que sejam tirados de circulação e pedem maior fiscalização do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte de Parauapebas (DMTT).
(Texto: Luís Bezerra / Fotos: Bariloche Silva / Pebinha de Açúcar).

Deixe uma resposta