Atividades da Fundação Cultural do Pará, em Parauapebas, começam na próxima semana

0

Parauapebas é oficialmente sede do polo Carajás da Fundação Cultural do Pará (FCP). O ato de implantação do polo foi realizado na noite desta quarta-feira (20), no CDC, com uma grande festa que apresentou um pouco da diversidade cultural do município. Teve Carimbó, quadrilhas juninas, balé, dança pop, música clássica, interpretação teatral e a presença do cantor paraense Pinduca, encerrando a noite.

“A cultura não é uma política pública de segunda categoria, ela faz a diferença na vida da nossa gente. Não tem preço ver a emoção de um pai ao contemplar seu filho participando de uma apresentação artística da nossa Escola Municipal de Música Maestro Waldemar Henrique”, destacou o prefeito Darci Lermem, acrescentando que agora o estado se faz presente no município em todas as áreas, inclusive na cultura, segmento que pode gerar emprego e renda, inclusive associada ao turismo.

Parauapebas é o primeiro município a receber um polo da FCP, que atenderá toda a região de Carajás, “estamos aqui cumprindo uma ordem do governador, de estar presente em todos os municípios do Pará. A gente precisa relacionar a cultura menos ao lazer e mais à geração de emprego, renda e inclusão social”, afirmou João Marques, presidente da FCP.

“É um dia de muita alegria! A chegada da Fundação, em nosso município e região, sempre foi almejada pelos produtores culturais de Parauapebas. Temos agora um reforço nas nossas ações de levar cultura para pessoas que precisam, para todos os bairros, para as escolas, esse é o direcionamento do governo da nossa gente”, destacou Saulo Ramos, acrescentando que mais de seis mil crianças e adolescentes são atendidas pelo programa Cultura em Movimento, na zona urbana e rural de Parauapebas.

Durante a programação, também foi apresentado, pelo secretário de Obras do município, Wanterlor Bandeira, o projeto de construção da nova biblioteca municipal, que terá uma área de 4.062 m2. Nesta estrutura terá, entre outros ambientes, o Museu com duas salas de exposição e um auditório com capacidades de 180 pessoas.

Diversas autoridades prestigiaram o evento, que contou com a presença em peso do Conselho Municipal de Cultura e também do jovem deputado estadual, Igor Normando.

Início das atividades

O curso de capacitação para oficineiros, que será realizado a partir de segunda-feira (25), marcará o início das atividades da FCP no polo Carajás. O curso é voltado aos produtores culturais e, na oportunidade, serão realizados cadastros dos participantes e capacitação para participarem de processos seletivos de projetos culturais.

De acordo com Saulo, está previsto um investimento de meio milhão de reais só em oficinas de capacitação, que serão disponibilizadas no polo Carajás da FCP, para 2020.

Texto: Karine Gomes / Fotos: Lucas Dias

Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP

Deixe um comentário