Chefe de Gabinete assume a secretaria de educação

0
458

Novamente o prédio da Prefeitura Municipal de Parauapebas foi alvo de uma operação da Polícia Federal (PF), esta denominada “Desfecho”, que investiga um esquema de desvio de verbas que seriam do transporte escolar da zona rural. Esquema esse que, supostamente, se originou e foi executado dentro da Secretaria Municipal de Educação (Semed), que culminou com a prisão de Juliana Souza Santos, secretária; Shirlean Rodrigues Costa, ex-adjunto e mais quatro pessoas ligadas à Semed.
A Secretaria Municipal de Educação ficou sem gestor devido aos mandados de prisão e como a Lei Orgânica do Município autoriza a continuidade dos serviços públicos, Gilmar Moraes foi nomeado e assumiu interinamente a pasta acumulando com o cargo de Chefe de Gabinete, que já exerce há vários meses.
Além da secretária Juliana Sousa Santos e de Shirlean Rodrigues, atual Coordenador Municipal de Juventude de Parauapebas (CMJ), também foram presos Sebastião Luís de Assis, Coordenador de Transportes da Semed; Ivan Viana Sobrinho, Presidente da Comissão de Licitação da Semed; e Gilson Silva Pinheiro, empresário dono da Canaã Transportes.

Deixe uma resposta