DISQUE DENÚNCIA SUDESTE DO PARÁ DIVULGA BALANÇO ANUAL/ 2020

Durante esse ano, o serviço ajudou mais de 9.474 pessoas que utilizaram os canais de atendimento para denunciar crimes e irregularidades.

Além do recebimento das denúncias anônimas, o Disque Denúncia possui o programa Linha Verde que é específico para o recebimento de denúncias sobre crimes contra o meio ambiente, o programa Desaparecidos que tem como objetivo auxiliar as autoridades policiais a encontrarem as pessoas que estão desaparecidas, através da divulgação de cartazes na mídia e redes sociais, o programa Procurados e Quem Matou que auxilia a polícia na localização de foragidos e procurados. Em 2020 foram produzidos 109 cartazes de desaparecidos, 28 de localizados, 16 de Procurados, 01 de capturado e 02 de quem matou.

Os crimes mais denunciados foram Barulho (3.551), Desrespeito às normas de segurança e prevenção do SARS-CoV-2 (906), Tráfico de drogas (481), reclamação de produtos ou serviços defeituosos (348) e violência contra mulher (135).

Disque Denúncia auxiliou a polícia na elucidação de vários crimes, bem como no caso do foragido Jaílson conhecido como “ferrugem” que foi capturado em Goiânia, após informações serem repassadas ao disque denúncia. Contra ele havia um mandado de prisão pelo homicídio de Rikadson Silva e Silva, de 19 anos. O crime ocorreu no dia 24 de outubro do ano passado, na Folha 10, no núcleo Nova Marabá.

O Disque Denúncia contribuiu ainda, através das denúncias anônimas, na apreensão de substâncias entorpecentes, cocaína (3.078 quilos); crack (628 pedras); maconha (971 papelotes); maconha (3 tabletes). Veículos, carro (4 unidades) e motocicleta: (8 unidades). Armamentos: munição (70 unidades); revólver calibre 38 (7 unidades); simulacro de metralhadora (1 unidades) e simulacro de revólver (2 unidades). Dinheiro apreendido: notas falsas: (15/ R$) e papel moeda (2.745/R$). Joias: Anel (1 unidade); cordão (3 unidades); pulseira (1 unidade) e relógio (1 unidade). Material do tráfico: balança de precisão (4 unidades); faca (1 unidade); papel alumínio (1 unidade); Plástico (4 unidades); rolo de fita (5 unidades) e tesoura (2 unidade). Material eletrônico e eletrodoméstico: aparelho celular (22 unidades) e aparelho de som (2 unidades). Corpos localizados após denúncias (12). Pessoas presas: feminino (16) e masculino (67).

Em Marabá os bairros mais denunciados, encontram-se no (Gráfico 1), evidenciando as localidades que receberam a maior quantidade de registros, o Bairro Nova Marabá lidera com 35% no ranking dos bairros mais denunciados.

Gráfico 1. Percentual de denúncias por bairro no Município de Marabá/PA.

Fonte: Setor de Análise e Estatística – Disque Denúncia Sudeste do Pará, 2020.

Em Parauapebas o bairro que lidera o número de denúncias é Cidade Jardim com 11%como mostra gráfico 2

 

 

 

Gráfico 2. Percentual de denúncias por bairro no Município de Parauapebas/PA.

Fonte: Setor de Análise e Estatística – Disque Denúncia Sudeste do Pará, 2020.

 COMO DENUNCIAR?

As denúncias podem ser realizadas através dos canais de atendimento do Disque Denúncia Sudeste do Pará que funciona 24 horas, por meio do telefone fixo (94) 3312-3350, Whatsapp (94) 98198-3350 e o APP DISQUE DENÚNCIA SUDESTE DO PARÁ, em ambos os canais o denunciante tem o anonimato garantido.

ASCOM/ DISQUE DENÚNCIA SUDESTE DO PARÁ

CONTATO: (94) 98198-3350/3312-3350

Deixe um comentário