DMTT autua motoristas que usam kadron para deixar veículos barulhentos

Com apoio da Guarda Municipal, departamento realiza campanha para inibir prática considerada infração grave pelo Código de Trânsito

A Prefeitura de Parauapebas iniciou no último sábado, 8, a Operação Kadron, voltada para condutores que estiverem com adulteração no escapamento de seus veículos e que emitem sons acima do permitido pela legislação de trânsito do município.

A ação é conduzida pelo Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT) com o apoio da Guarda Municipal de Parauapebas (GMP), órgãos ligados à Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi).

Segundo o DMTT, o uso do acessório kadron tem se tornado cada vez mais comum em Parauapebas, apesar de ser considerada infração grave, conforme o artigo 230, inciso VII do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

A prática, além de incomodar o sossego alheio, é nociva à audição, pois pode causar alterações na estrutura interna dos ouvidos e também emitir mais gás carbônico na atmosfera.

“O ruído emitido pelos escapamentos de veículos, como carros ou motocicletas, afeta o bem-estar e a saúde da população. Diante disso, o DMTT está trabalhando com ações preventivas de educação como também repressivas, fazendo a retenção do veículo no local. Isso tudo em benefício da nossa sociedade”, explica Raphael Pinheiro, coordenador do DMTT.

Na primeira ação, foram feitas 37 autuações em dois dias de operação – no sábado e no domingo -, que contou com a participação de agentes dos grupamentos com motos da GMP e do DMTT, que receberam treinamento no Curso de Motopatrulheiro realizado pela Semsi no último mês de julho, após a entrega de 16 motos para os órgãos.

A Operação Kadron irá até o final deste mês e será realizada nos fins de semana em pontos estratégicos e com maior fluxo de veículos no município.

Texto: Sara Dias / Fotos: Semsi

Deixe um comentário