Educadoras de Parauapebas são premiadas por boas práticas em Tucuruí/PA

0

Duas iniciativas de educadoras da rede municipal de ensino de Parauapebas foram destaque no Projeto Conectando Boas Práticas em Tucuruí (PA). “O Circo na Escola – As Contribuições das Práticas Circenses dentro da Educação Física Escolar”, da professora Larissa Menchick e o “Educação Social Humanizadora”, da coordenadora Marinalva Lima estão entre os dez projetos vencedores do concurso na região.

Os projetos das parauapebenses, juntamente com os demais vencedores, foram apresentados e certificados em um seminário interativo realizado dia 8 de novembro, no auditório da Associação Comercial e Industrial de Tucuruí (ACIT). Agora, eles concorrerão à etapa nacional do programa.

Para a professora Marinalva Lima é um orgulho e grande satisfação ter o trabalho que desenvolve na escola João Evangelista (Palmares Sul) reconhecido e poder compartilhar conhecimento. “Foi incrível ter o trabalho que realizo com tanto carinho e dedicação reconhecido. Trata-se de uma titulação nacional. Estou muito feliz”, comemora a coordenadora.

O projeto da professora de educação física Larissa Menchick é desenvolvido na escola Paulo Fonteles de Lima desde 2017 e tem inspirado toda a rede municipal de ensino a apostar na arte (atividade circense) como ferramenta para o desenvolvimento de múltiplas aprendizagens dentro do espaço escolar.

CONECTANDO BOAS PRÁTICAS

O Programa, que tem o apoio da Fundação Lemann, faz parte da Rede Conectando Saberes e visa a valorização de educadores por meio da implementação de projetos nas escolas. O Projeto que premia propostas inovadoras na educação tem como proposta principal a disseminação das boas práticas.

No estado do Pará possui dois núcleos: Tucuruí e Barcarena. O núcleo Tucuruí  obteve 43 projetos inscritos em três categorias educacionais: projetos pedagógicos elaborados por professores, projetos de formação continuada elaborados por coordenadores pedagógicos e projetos político-pedagógicos elaborados por diretores escolares.

Texto: Messania Cardoso / Fotos: Arquivo Semed

Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP

Deixe um comentário