Em Parauapebas três assaltantes de motos são mortos em confronto com a PM

0
68

No último sábado (11) por volta das 13h30, três homens foram mortos em uma intervenção feita pela polícia militar com apoio de motos (ROCAM). De acordo com informações do cabo PM S. Barros, a polícia realizava uma ronda ostensiva no bairro Rio Verde quando foram parados por uma mulher por nome não identificado, momento em que a mesma relatou para a polícia que teria sido vítima de um assalto tendo sua motocicleta levada por dois indivíduos.

“Estávamos fazendo a ronda ostensiva como de costume quando fomos abordados por uma mulher que disse ter sido assaltada, com as informações fomos atrás dos bandidos e percebemos quando os mesmos entraram na mata perto do reservatório da Saaep localizado no bairro Nova Vida II, sendo que neste local o acesso é bastante complicado por se tratar de uma mata fechada”. Disse o PM.

Na chegada ao local a Polícia Militar foi recebida com disparos de arma de fogo e na cena os dois assaltantes da motocicleta teriam chamado outros dois comparsas para os ajudarem na fuga. A polícia agiu de imediato tirando de circulação três dos quatro que estavam presentes na cena do crime e felizmente a moto da vítima foi recuperada relatou o Cabo da PM S. Barros.

Os corpos foram removidos do local pelo IML (Instituto Médico Legal) por volta das 16h30 onde passariam por exames de necropsia no Centro de Perícia Científica Renato Chaves.

De acordo com a Polícia, os três mortos na troca de tiros já tinham passagem pela polícia local, por tráfico de drogas, assaltos e a aproximadamente 5 dias os mesmos estavam agindo constantemente na cidade cometendo vários delitos.

Foi apresentado na 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas pelo GTO (Grupo Tático Operacional) um revólver calibre 38, municiado e dois simulacros, um de revólver e outro de uma pistola, além de alguns papelotes de maconha.

O delegado plantonista Dufrae Abade afirmou que foi instaurado inquérito para apurar as mortes em consequência de uma intervenção policial e que as armas dos policiais presentes na operação foram recolhidas e na segunda-feira (13) as mesmas serão encaminhadas para exames balísticos no Centro de Perícia Científica da cidade.

Texto e fotos: Rodrigo Melo

 

 

Deixe uma resposta