Hackers são presos após causar prejuízo milionário

0

A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) deflagrou nesta quarta-feira (19) a “Operação Ostentação” que prendeu, cinco pessoas suspeitas de criarem sites falsos para fraudar compras na internet e praticar o roubo de senhas bancárias em Imperatriz, localizado a 629 km de São Luís.

Ainda de acordo com as investigações, o grupo de hackers aplicou mais R$ 4 milhões em golpes em centenas de vítimas.

Foram cumpridos seis mandados de prisão e 13 de busca e apreensão nos bairros Santa Inês, Santa Rita, Boca da Mata, Bom Sucesso, Vila Ipiranga no Centro de Imperatriz.

O golpe era aplicado na internet, os suspeitos criavam anúncios em nome de grandes lojas em sites falsos na internet.

Um estabelecimento ligado a um dos suspeitos era usado para aplicar os golpes. As vítimas eram atraídas pelas facilidades e ao realizar as compras por meio de boleto bancário, caíam no golpe. O dinheiro pago era desviado para contas fraudulentas.

A polícia também apreendeu veículos, computadores e outros objetos usados pela quadrilha. O delegado regional de Imperatriz, Ederson Martins, afirma que a vida de ‘ostentação’ que os suspeitos levavam era muito acima do que eles ganhavam.

“Tem um aí que até possui jetski, lanchas, hilux, suas residências eram altamente equipadas tecnologicamente, móveis de última geração. Então eles viviam em um luxo, luxando com dinheiro adquirido por meio ilícito”, disse o delegado.

Fonte: www.enquantoissonomaranhao.com.br

Deixe um comentário