Jovem é atacada por lacraia enquanto dormia e fica deformada

Share on facebook
Share on whatsapp

Um dos maiores terrores de qualquer pessoa é ser atacada durante o sono, momento em que a vulnerabilidade é total. O ataque pode ser por um agressor, um assaltante ou até mesmo por um animal ou inseto. E as consequências são imprevisíveis.

Foi o caso de uma estudante de 21 anos, identificada como Nataly Galdino, que foi picada no lábio enquanto dormia. A jovem foi ‘atacada’ por uma lacraia em São Vicente, no litoral de São Paulo, no último sábado (11).

Segundo Nataly, os lábios incharam tanto que ela precisou de atendimento médico em uma emergência.

“Eu estava dormindo e, no meio da madrugada, senti algo picar meu lábio superior e vi que estava grudada no meu cobertor e a garra na minha boca, mas como estava tudo escuro o que fiz foi puxar. Eu puxei e não queria soltar, fiquei cinco segundos tentando, com uma dor insuportável e não desgrudava. Eu levantei da cama, liguei a luz, vi minha boca cortada e a lacraia, gigante, na coberta”, relatou a estudante.

Nas redes sociais, a estudante brincou com a reação provocada pelo veneno e escreveu, num stories, que “feriadou e tudo o que queria era exibir a minha boquinha de Angelina Jolie”, numa referência à atriz famosa pelos lábios carnudos.

A jovem foi atendida na UPA da Zona Noroeste da cidade. A estudante teve a reação alérgica controlada, assim como a dor e a falta de ar. Embora o veneno das lacraias não seja muito perigoso para o ser humano, segundo o Ministério da Saúde, é fundamental que a vítima da picada receba orientação médica.

“Na hora foi desesperador porque eu não sabia quais efeitos poderiam me dar. Achei que podia ser muito venenosa e até morrer, ainda bem que não era. Mas resolvi fazer o alerta nas redes sociais explicando que as lacraias gostam da umidade e alertando da dor que podem causar, porque eu senti muita dor e sempre vejo pessoas falando de terem problemas de aparição desse animais na casa”, conclui Nataly.

DOL

VEJA ISSO TAMBÉM