Parauapebas sediará polo Carajás da Fundação Cultural do Pará

0

Mais uma conquista para o segmento cultural de Parauapebas: a cidade será sede do polo Carajás da Fundação Cultural do Pará (FCP). Na próxima quarta-feira (20), será realizada a cerimônia de implantação do polo com a presença de representantes do governo do estado e dos municípios da região de Carajás.

O cantor Pinduca será a atração cultural do evento que está programado para 20h, no Centro Cultural de Parauapebas, que será a sede do polo. “O segmento cultural da nossa cidade tem se fortalecido com as ações do governo municipal, que tem priorizado o produtor cultural local. Ter a Fundação Cultural do Pará instalada em nosso município vai agregar mais conhecimento e incentivo à cultura” destacou Saulo Ramos, secretário municipal de Cultura.

Fundação Cultural do Pará (FCP)

A FCP tem por missão fomentar, preservar e difundir os bens culturais, assegurando o acesso às formas de linguagem de arte e ofício e o desenvolvimento das artes em geral mediante atividades nas áreas de ensino, extensão, experimentação e pesquisa, de forma a promover o homem como agente de sua própria cultura.

Sediada em Belém e com alcance a todas as regiões do estado, desenvolve suas ações em quatro grandes vertentes:

  • Formação: mediante cursos e oficinas de iniciação e aprofundamento em arte e ofício, sob diversas linguagens artísticas;
  • Leitura e informação: por meio de cursos e programações voltados à universalização do acesso à leitura, às bibliotecas e aos suportes de registro da informação;
  • Incentivo à cultura: na forma de editais, prêmios, leis de incentivo e linhas de financiamento para as diversas esferas de pesquisa, prática e produção da arte e do ofício em diferentes linguagens artísticas e socioculturais;
  • Programações e eventos: com extensa e diversificada programação artístico-cultural desenvolvida em seus prédios e espaços – teatros, cinemas, galerias, auditórios e praças internas.

Texto: Karine Gomes / Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP

Deixe um comentário