Poucas e boas – edição 1270

0
382

Paixão de Cristo: Pelo menos duas mil pessoas assistiram a peça “Paixão e Morte de Jesus”, ato que há 14 anos se repete retratando o Ministério, Paixão e Morte de Jesus. A encenação foi feita por atores amadores da Igreja Católica de Parauapebas, sob o comando das Paróquias São Sebastião, São Francisco e São Raimundo, que reúne um grupo de pelo menos 70 atores que oferecem à comunidade uma das melhores peças teatrais religiosas do interior do Pará. (Fonte: Pebinha de Açucar)
————————————————————————————————-
Atenção Bairro dos Minérios: Sessão de cinema, oficinas sobre administração de renda familiar, liderança comunitária, direito do consumidor, orientação para cadastro de tarifa social, sensibilização e empoderamento dos espaços coletivos são algumas das ações do Projeto Técnico Social (PTS) que serão realizadas a partir deste mês com os moradores do Bairro dos Minérios.
———————————————————————————————–
Fecinp: CDL e ACIP lançaram na última terça-feira (31) durante um evento em um hotel da cidade a Feira do Comércio, Indústria e Negócios de Parauapebas (Fecinp). A feira tem objetivo promover o desenvolvimento socioeconômico sustentável de Parauapebas. Durante a coletiva de imprensa foram discutidos oportunidades e desafios do mercado local.
———————————————————————————————–
Aniversário Marabá: Os 102 anos do município foram comemorados com shows e inaugurações. A festividade culminou no último domingo (5), com café da manhã e festa para a comunidade no Bairro Francisco Coelho; inauguração da Casa do Trabalhador e do Centro de Cidadania e Desenvolvimento (CCD); e exposição de artesanato na Praça Duque de Caxias.
———————————————————————————————–
Parauapebas ficou de fora: São 4 cidades do Pará na lista pra receber um CURSO DE MEDICINA do governo federal, pelo programa MAIS MÉDICOS: Bragança, Breves, Castanhal e Cametá. A mais rica delas é Castanhal, cujo orçamento anual de 2014 foi de apenas R$ 281.9 MILHÕES, sendo que foi efetivamente o aplicado o valor de R$ 254.2 MILHÕES. As outras cidades tem orçamento inferior ao de Castanhal, Bragança, por exemplo, o município gastou em 2014 apenas R$ 110.9 MILHÕES.

Deixe uma resposta