Prefeitura promove primeiro Encontro da Mulher Indígena

Share on facebook
Share on whatsapp

Fruto do trabalho de inclusão e aproximação das mulheres indígenas do município de Parauapebas, será realizado hoje, 08, o 1º Encontro da Mulher Indígena, que na língua Xikrin se traduz como Menire Bê Ngôkre Bikprõn. O evento é organizado pela Secretaria Municipal da Mulher (Semmu) e será realizado no Centro Cultural de Parauapebas.

“Desde o mês de março temos visitado as aldeias e levantado demandas das mulheres indígenas para desenvolvermos políticas públicas que possam beneficiá-las. Durante a posse da nossa primeira cacica, a Kôkôti, recebemos um pedido da comunidade indígena pelo curso de corte e costura e alinhamos a realização desse evento que hoje vai se concretizar”, detalha Edileide Batista, secretária da Mulher.

Programação

O evento conta com a parceria da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) e o Museu de Parauapebas. A programação vai começar, às 18 horas, com a seguinte programação: Exposição Xikrin; apresentação das mulheres Xikrin; palestra: “Luta, Resistência e Visibilidade”; apresentação das atividades de cursos e oficinas; entrega do kit de curso de corte e costura para mulheres indígenas.

Dia da Mulher Indígena

O Dia Internacional da Mulher Indígena é comemorado em 5 de setembro. A data foi instituída em 1983, durante o II Encontro de Organizações e Movimentos da América, em Tiahuanaco (Bolívia), em homenagem à morte de Bartolina Sisa, mulher quéchua que foi esquartejada durante a rebelião anticolonial de Túpaj Katari, no Alto Peru, em 1782 morreu. A ONU Mulheres marcou a data reafirmando o apoio às mulheres indígenas na busca por justiça e em defesa dos direitos individuais e coletivos.

ASCOM/PMP 

 

VEJA ISSO TAMBÉM