“Roda Viva” e final da Olimpíada da Mulher encerram Agosto Lilás em Parauapebas

Durante todo o mês diversas atividades foram realizadas em parceria com órgãos que compõem a Rede de Atendimento à mulher do município.

0
218

“A atitude de promover essa roda pra sentar, essas palestras, e passar firmeza para as mulheres saberem que não estão sozinhas, que existe lei que ampara elas é muito importante. É uma ação maravilhosa”, disse a moradora da Palmares II, Janaina Menezes, que participou da “Roda Viva”, que ocorreu dia 30 de agosto, no Centro de Desenvolvimento Cultural (CDC).

Representantes do poder executivo, OAB Mulher, movimentos sociais, estudantes de direito, servidores da rede de proteção e combate à violência contra a mulher e sociedade civil organizada também prestigiaram o evento que contou com um bate-papo sobre o fortalecimento da Lei Maria da Penha e sua aplicabilidade. Atendimento médico, jurídico e psicossocial e de beleza também estavam à disposição das mulheres.

                                          Final da Olimpíada

O último jogo que encerrou a Olimpíada da Mulher foi entre as equipes da zona urbana, que disputaram a modalidade de futebol de campo, dia 31 de agosto, no estádio Rosenão. Fênix venceu ACAP nos pênaltis. “É uma boa iniciativa. Estão de parabéns. Estar na final é sempre uma vitória. Estamos contentes e de cabeça erguida porque nosso jogo foi bonito”, disse a capitã da ACAP, Mara Nunes.

Futsal, vôlei, handebol e futebol de campo envolveram mulheres da zona rural e urbana do município. “A gente tem que só agradecer a prefeitura por dar essa oportunidade da gente mostrar que não só o [futebol] masculino, mas o feminino também é capaz de chegar a algum lugar e mostrar que nós mulheres podemos conseguir alguma coisa nesse mundo”, ressaltou a atleta da equipe Fênix, Erika Barros.

Os secretários de Esporte (Semel) e da Mulher (Semmu), Laoreci Diniz e Angela Silva premiaram as equipes campeãs. “Quero parabenizar a Semmu por também levar o esporte pra nossa comunidade”, disse Laoreci. “Chegar a final do Agosto Lilás com esse envolvimento é ver que o foi delegado foi cumprido. Estamos felizes e agradecidas à gestão por incentivar, priorizar e saber que o esporte é importante para nossas mulheres. O Agosto Lilás foi um sucesso”, avaliou Ângela.

Texto: Rayssa Pajeú / Fotos: Piedade Ferreira e Lucas Dias

Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP

Deixe um comentário