Roda viva – edição 1262

0
333

A partir de ontem segunda-feira começou a ser cobrado em média 23,4% a mais pelo consumo de energia***Para os consumidores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste, a alta é de 28,7%, na média – 4,5 vezes maior que a aplicada para aqueles que vivem em estados do Norte e Nordeste, que será de 5,5%, também na média***Ao todo, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou o reajuste das tarifas de 58 das 63 distribuidoras de energia do país. As revisões extraordinárias representam um aumento extra nas contas de luz, aplicado quando há risco de desequilíbrio nas contas das distribuidoras. Portanto, os consumidores podem esperar por nova alta em suas tarifas ao longo de 2015***Entre as maiores distribuidoras, os mais altos são da Copel (36,4%), que atende a clientes no Paraná, da Eletropaulo (31,9%), que atua em São Paulo, e da Cemig (28,8%), que atende a consumidores de Minas Gerais.O governador do Estado, Simão Jatene, recebeu na manhã desta segunda-feira, 2 de março, o Comandante Militar do Norte (CMN) do Exército, general Oswaldo Ferreira, juntamente com o chefe do Estado Maior do Comando, general César Rocha, para planejar a implantação do Colégio Militar de Belém. O Governo do Estado e o Exército já desenvolvem esse projeto desde 2011 e agora com todos os levantamentos e estudos concluídos, os projetos executivos começarão. O colégio será construído em um espaço na avenida Augusto Montenegro, em uma área da Marinha***O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, vai apresentar entre amanhã e quarta-feira, 3, pedidos de abertura de investigação e eventuais denúncias contra políticos suspeitos de envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras investigado na Operação Lava Jato***As solicitações referentes a senadores e deputados serão analisadas pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), já que são cargos com foro privilegiado na Corte. Eventuais indícios de crimes cometidos por governadores serão investigados em inquérito sob a relatoria do ministro Luís Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ)***Com um novo formato de disputa, o Campeonato Paraense chega a final de seu 1º turno. A decisão da Taça Cidade de Belém será disputada por dois times do interior do estado: Independente, primeiro campeão do interior, e Parauapebas, debutante na elite que, com méritos, chegaram a finalíssima. Ambos os clubes saíram classificados do Grupo A1, onde está o atual campeão, o Clube do Remo. Inclusive, o Leão saiu derrotado, tanto para o Trem de Ferro na estreia, por 2 a 1, quanto para o Galo Elétrico, por 1 a 0***Além de disputar o título do turno, as equipes do interior estão de olho em competições nacionais. Quem ficar com a conquista, automaticamente garante vaga na Copa do Brasil e Copa Verde de 2016, e terá possibilidade de competir o Campeonato Brasileiro da Série D deste ano. Caso o Paysandu vença o 2º turno, quem ficar com o título do 1º turno, também garante vaga no Brasileirão. Sem contar que o campeão do turno disputará a final do Campeonato Paraense, denominada de Taça Açaí***Uma nova droga está ganhando cada vez mais espaço entre os paraenses, em geral entre os jovens durante festas. Conhecida como “gota” ou “pingo”, a novidade é o LSD (sigla em alemão para a Dietilamida do Ácido Lisérgico) em estado líquido***Essa substância é, normalmente, usada na preparação de fina lâmina em papel absorvente. Ela é tóxica e, segundo alguns cientistas, uma “gota” pode equivaler a 50 doses “normais”. Por conta disso, muitas vezes quem consome opta por diluir em algum outro líquido, como água, sucos e refrigerantes***“É preciso ter cuidado extremo ao tomar LSD líquido, pois não há maneira de medir a sua potência”, é o que diz a explicação do site Azarius, especializado na comercialização de substâncias psicoativas e produtos relacionados a essas substâncias***O uso da droga, somado ao consumo de bebidas alcóolicas pode provocar aumento dos batimentos cardíacos, suor e mesmo alucinações. Já há registros de mortes por overdose de alguns jovens pelo Brasil***O Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região e o Tribunal de Justiça do Estado (TJE-PA) promoveram, ontem de manhã, a marcha Belém Contra o Trabalho Infantil, que contou com a participação de dez mil pessoas e de autoridades que estiveram presentes no evento com a intenção de trazer à tona a discussão sobre a erradicação do trabalho infantil.*** Os participantes se concentraram na escadinha do Cais do Porto, na Estação das Docas, e seguiram pela avenida Presidente Vargas em direção à Praça da República, bairro da Campina. O evento, apoiado pelas Organizações Romulo Maiorana (ORM), também contou com apresentações dos grupos Arraial do Pavulagem e Crias do Curro Velho.

Deixe uma resposta