Roda viva – edição 1312

0
380

Quase 20 mil registros de pescador foram cancelados no Pará e no Maranhão. Os pescadores com registros suspensos tinha o prazo de até a última sexta-feira (25/09) para apresentar a documentação e evitar o cancelamento do registro junto às superintendências de pesca *** O pedido de recadastro desses profissionais surgiu depois que o Ministério da Pesca e Aquicultura suspeitou do acentuado número de registros no Pará e no Maranhão no período de julho a outubro de 2014, com data retroativa a 2013 *** O ministério pediu então uma auditoria à Controladoria-Geral da União para verificar se havia fraudes. A ação resultou no cancelamento de quase seis mil registro no Pará e de aproximadamente 14 mil no Maranhão. (EBC) *** a noite da última terça-feira, 29 de setembro, a Petrobrás anunciou reajuste nos preços da gasolina e do óleo diesel. Em todo o país, a gasolina passou a ser 6% mais cara, enquanto que o diesel subiu 4% *** Em Parauapebas, antes do reajuste anunciado, o valor do litro da gasolina custava em média R$ 3,88. Após o novo aumento, o valor do litro passou para R$ 4,15, sendo que, em alguns postos, o combustível está sendo vendido por R$ 4,17. Já o diesel saiu de R$ 3,24 e para R$ 3,28, mas esse valor deverá aumentar para se adequar ao percentual informado *** O aumento gerou polêmica, tendo em vista que em alguns lugares o reajuste foi repassado ao cliente menos de 24 horas depois do anúncio da empresa *** Para Irisvelton Silva, que possui um carro e uma motocicleta, o aumento vai causar mudanças em sua rotina. “Durante toda a semana o carro vai ficar na garagem, vou deixá-lo apenas para passeios com minha família e usar a motocicleta para o trabalho do dia a dia”, explica o fotógrafo *** Gerente de um posto localizado na Avenida Liberdade, no bairro Rio Verde, Ocléio Batista garante que o valor só foi repassado às bombas porque o posto já adquiriu o combustível com aumento. “Abastecemos o reservatório no fim da tarde de ontem (1º) e ele já veio reajustado para nós, aí tivemos que reajustar os valores”, afirma *** Até o fim da manhã desta sexta-feira (2), o Blog só encontrou um posto de combustível que ainda não havia reajustado seus valores, o Autoposto Camargo, no bairro Beira Rio, em frente ao Supermercado Hipersena. De acordo com os funcionários, o combustível vendido ainda foi adquirido antes do reajuste da Petrobras *** A presidenta Dilma Rousseff anunciou na sexta-feira (02) ar a reforma ministerial que reduz em oito o número de ministérios. A nova configuração ministerial, finalizada no dia anterior com a ajuda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, inclui a extinção e fusão de pastas e a realocação de titulares dos ministérios *** No novo desenho da equipe, o PMDB teve ampliado de seis para sete o número de pastas. Entre os ministérios que o partido passa a comandar estão o da Saúde, com o deputado Marcelo Castro (PI), e o da Ciência e Tecnologia, com Celso Pansera (RJ). A Secretaria da Pesca foi para Agricultura *** O Gabinete de Segurança Institucional perdeu o status de ministério, e a Secretaria de Assuntos Estratégicos será extinta. A Secretaria-Geral se uniu à de Relações Institucionais e passa a ser chamada Secretaria de Governo, que vai ser responsável pelo Gabinete de Segurança Institucional e pela Secretaria da Micro e Pequena Empresa *** Foi criado também o Ministério das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, com a fusão das secretarias de Direitos Humanos; de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) e de Políticas para Mulheres *** A Vale informa que houve uma ocorrência de incêndio na manhã da última quarta-feira (30/9) na área da britagem secundária do cobre, no Salobo. Assim que surgiu o primeiro foco de incêndio na peneira da britagem (que é feita de borracha), imediatamente o Plano de Atendimento à Emergência foi acionado, com atuação dos bombeiros civis, da brigada contra incêndios e demais equipes de especialistas. Eles trabalharam rapidamente no combate ao incêndio, debelado em seguida.

Deixe uma resposta