Semel homenageia mulheres e anuncia a criação de 11 academias ao ar livre

0
2450

As alunas do Projeto Ginástica para as Mulheres, da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semel), tiveram uma tarde de sexta-feira (13) diferente: um “aulão” de ginástica, no Ginásio Renato Veloso, na Folha 16, Nova Marabá, além de limpeza de pele, designe de sobrancelha, maquiagem e palestras sobre doenças sexualmente transmissíveis com a equipe do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).
Os serviços oferecidos foram em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, transcorrido no último dia 8. A ação integrou as alunas dos polos da Liberdade, Laranjeiras, Amapá, Velha Marabá e Nova Marabá.
Além dos serviços oferecidos também teve a exposição de artesanato da Associação Mãos e Artes e do Grupo de Mulheres Arco-Íris da Justiça.
Atualmente são 714 mulheres inseridas no projeto. Uma delas é a aposentada Francisca Gonçalves Tertuliana, 55 anos, que está no projeto há sete meses. “Minha qualidade de vida melhorou muito. Tem dia que eu estou para baixo e quando chego aqui fico para cima, animada”, ressalta.
Também participante do projeto, outra aposentada, Maria do Socorro dos Santos Melo, 64 anos, conta que a saúde dela melhorou muito. “Eu sentia muitas dores, não podia nem me abaixar, mas agora já me sinto bem para fazer essas atividades que eu não conseguia fazer antes”.

 

Além dos serviços oferecidos também teve a exposição de artesanato da Associação Mãos e Artes e do Grupo de Mulheres Arco-Íris da Justiça
Além dos serviços oferecidos também teve a exposição de artesanato da Associação
Mãos e Artes e do Grupo de Mulheres Arco-Íris da Justiça

Rosalina Izoton, coordenadora do Grupo de Mulheres Arco–Íris da Justiça, também é coordenadora do polo do Bairro Laranjeiras, onde 170 mulheres são cadastradas no projeto de ginástica, em parceria com a Semel. “O exercício ajuda na saúda da mulher, tira a mulher do hospital, alivia a dor, o desânimo e faz bem”, conta.
Danielle Valle, coordenadora do “Ginástica para Mulheres”, diz que o projeto foi pensado para as mulheres de baixa renda, sendo que 60% delas são domésticas. “O projeto oferta lazer e qualidade de vida para essas mulheres. Nossos treinamentos são funcionais, inspirados nas atividades do dia a dia”, diz.
Durante o “aulão” de ginástica, o secretário municipal de Esportes e Lazer da Prefeitura de Marabá, Erton Luiz Vigne – o Gaúcho – anunciou que a empresa Ziober, do Estado do Paraná, ganhou a licitação das academias de ginástica ao ar livre.
No total, serão 11 no município: na Praça de Morada Nova; Praça dos Sonhos, em São Félix II; Praça da Criança, na Nova Marabá; Praça da Santa Rosa, Praça da Liberdade, Praça São Francisco, Cidade Nova; Praça do KM 7e Folha 33, ambas na Nova Marabá; Vila São José, Brejo do Meio e Vila Capistrano de Abreu. Cada academia terá 12 aparelhos, sendo dois desses para pessoas portadoras de necessidades especiais. (Texto: Alessandra Gonçalves/Foto: Dinho Aires)

Deixe uma resposta