Sine de Parauapebas amplia em mais de 200% a oferta de vagas

0
327

Graças ao trabalho de relacionamento junto às empresas, o Sine Parauapebas conseguiu intermediar 879 vagas de emprego no primeiro semestre de 2019, o que representa um aumento de 213,34% quando comparado com os números do mesmo período do ano passado, somente 412 vagas.  

Os dados foram registrados pelo sistema do Sine, que tem recebido suporte técnico da Coordenadoria Especial de Emprego e Renda (Ceter), departamento da prefeitura criado, especificamente, para o fomento da geração de emprego e renda no município.

“Conseguimos ampliar o atendimento de um ano para outro e isso foi possível por meio da oferta de mais serviços na sede do órgão e também das ações do Sine na comunidade”, afirma Girlan Pereira, coordenador da Ceter.

Antônio Sérgio da Paixão, carpinteiro, conseguiu uma vaga de emprego por meio do Sine. Ele conta que fez o cadastro, aguardou a divulgação da vaga e recebeu o encaminhamento para fazer a entrevista. “O atendimento melhorou muito a partir deste ano. As empresas mandam as vagas para o Sine e o pessoal daqui entra em contato com a gente para fazer a entrevista”, explica o trabalhador que estava há quatro meses sem emprego com carteira assinada.

O principal atendimento do Sine é o da intermediação de mão de obra, fazendo desta forma uma ponte entre as empresas e os trabalhadores. Em Parauapebas, o maior número de vagas ofertadas está nos setores de mineração e obras civis. O mercado fica mais aquecido nos períodos de menor volume de chuvas.

                                            Banco do Povo

Outra iniciativa do governo municipal para gerar renda, fomentar o comércio e estimular a economia da cidade, são os microcréditos do Banco do Povo.  Este ano, 102 famílias foram beneficiadas com 490 mil reais em microcrédito para comerciantes.

Francisco Alves de Sousa, de 64 anos, é cliente do Banco do Povo há alguns anos. Ele gera renda para sustentar sua família e de mais um empregado na produção de uma horta, no Bela Vista.

“O empréstimo foi de seis mil reais. A gente destina 80% do valor para manutenção da horta, que produz dois mil maços de alface, cheiro verde, agrião e outras verduras, por semana”, explica Francisco.

O coordenador geral do Banco do Povo, Paulo Patrick, informa que ao longo do ano serão 410 beneficiados. O investimento será de quase dois milhões de reais. “Temos feito conquistas, aumentando os valores e o número de famílias beneficiadas com o microcrédito”, afirma.

Os microempreendedores interessados em obter o crédito, devem comparecer à agência do Banco do Povo, localizada no Mercado Municipal do Rio Verde, ou entrar em contato pelos telefones 3356-1020/3346-7169.

Texto: Andréa Reis / Fotos: Felipe Borges

Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP

Deixe um comentário