Valorização – Prefeitura forma 100 idosos em capoteria

0

A alegria contagiou o ambiente do Centro Cultural de Parauapebas, no último dia 2. Trata-se do evento de formatura de 100 idosos que são atendidos nos Centros de Referência e Assistência Social (Cras), dos bairros Rio Verde e Altamira.

Em Parauapebas, o projeto de Capoteria é desenvolvido, há três anos, pelo governo municipal com o objetivo de proporcionar aos idosos uma melhor qualidade de vida e consequentemente fortalecer vínculos familiares.

“A capoterapia é uma dança misturada com capoeira; é uma dança que traz alegria, resistência, coragem, vigor, dinamismo e vida saudável pra nós”, explica o formando Manoel de Oliveira, do Cras Rio Verde.

Feliz pela realização do projeto, o prefeito Darci Lermem  ressaltou a valorização dos idosos pois são pessoas que já fizeram muito pela sociedade. “Nós só precisamos agradecer a eles e retornar a eles tudo aquilo que produziram para nós. Essa felicidade aqui não tem preço; nós vemos, aqui, um grupo realmente muito feliz, pessoas animadas que, com certeza, vão ter uma qualidade de vida melhor e também uma quantidade de dias maior do que teriam se ficassem só em casa”, destaca o gestor.

Foram diplomados os formandos das três categorias: Lenço Amarelo, Lenço Verde e Lenço Azul. “A capoterapia é uma qualidade de vida pra gente nessa idade, então eu me sinto muito feliz em chegar ao final e receber meu certificado”, ressalta José Martins, do Cras Altamiro Borba.

Texto: Sara Dias / Fotos: Lucas Dias 

Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP

Deixe um comentário