Família pede justiça para Lucirene e Arlindo

O casal que foi brutalmente assassinado em sua chácara em 12 agosto 2020 caso que chocou toda a cidade de Parauapebas pela crueldade do assassinato, o casal foi amarado com uma corda e morto por tiros de arma de fogo.

O suspeito de ter mandado cometer o crime, Antônio Carlos está sendo julgado e agora vai responder ao processo em liberdade, a família das vítimas e amigos juntamente com a sociedade de Parauapebas vem a público pedir por justiça, pois acham injusto que o acusado responda em liberdade por esse crime tão bárbaro.

Da redação

Deixe um comentário