Jornada de Inteligência Artificial: Vale promove ‘masterclass’ gratuita para estudantes

Objetivo do curso de duas horas é apresentar a Ciência de Dados aos jovens; inscrições se encerram na terça-feira,dia 3

Como parte da sua Jornada de Introdução à Inteligência Artificial, a Vale promove na próxima quinta-feira, 5/11, a partir das 14h, uma “masterclass” sobre conceitos, prática e mercado de trabalho em Ciência de Dados. O objetivo é atrair estudantes para essa área de conhecimento que vem crescendo nos últimos anos. O evento é gratuito e as inscrições podem ser feitas até terça-feira, 3/11, pelo site www.vale.com/jornadaia .

Com duas horas de duração, a “masterclass” será ministrada por especialistas da Vale e terá quatro módulos. O conteúdo vai da teoria à prática, passando por orientações sobre mercado profissional e iniciação científica. É o segundo evento da Jornada de Introdução à Inteligência Artificial, que teve início no final de outubro com uma “live” sobre ciência de dados que atraiu um público de mais de 1.200 pessoas.

O cientista de dados é um profissional responsável por desenvolver sistemas de Inteligência Artificial que podem ser aplicados a vários campos de conhecimento como indústria, comércio e entretenimento. É uma profissão recente que ainda carece de mão de obra especializada no Brasil. A expectativa é que essa demanda siga em alta.

No ano passado a Vale criou o AI Center, seu centro de Inteligência Artificial em Vitória (ES), para desenvolver e monitorar as iniciativas dessa ciência nas unidades da empresa em vários países. O centro também promove treinamentos com empregados de várias áreas para que eles conheçam fundamentos da Inteligência Artificial e assim possam participar do desenvolvimento das soluções em conjunto com os cientistas de dados. Desde 2017 já foram capacitados 600 profissionais em cinco países.

Outra função do AI Center é promover intercâmbio com instituições de ensino. No local já foram desenvolvidos 15 projetos de graduação e pós-graduação.

A Vale investe em Inteligência Artificial para aumentar a segurança das operações e a confiabilidade dos ativos, além de incrementar a produtividade. Uma das linhas de projetos é a de predição de falhas. Os especialistas captam milhões de dados a partir de sensores instalados em equipamentos e de outras variáveis da operação, analisam as informações e, com o apoio de modelos de análise avançada, geram insights que ajudam a prever, por exemplo, quando esses equipamentos poderão apresentar falhas. Dessa forma, é possível evitar a quebra do equipamento, o que pode causar prejuízos ao negócio, mas principalmente danos aos empregados da operação.

Serviço
Masterclass: 5/11, de 14h às 16h

Inscrições: até 3/11 em vale.com/jornadaia

Programa:
– Ciência de Dados: conceitos, metodologia e ferramentas (com Jodelson Sabino e Juliano Santos Correa, coordenador de Solução de Negócio para Tecnologia Operacional)
– Análise preditiva na prática (com Jodelson Sabino)
– Mercado profissional: os diversos atores em um projeto de ciência de dados (com Rafael Lychowski, gerente de Inteligência Artificial da Vale)
– Início de carreira, da iniciação científica ao estágio (com Jodelson Sabino e Gustavo Pessin, pesquisador do Instituto Tecnológico Vale)

vale.com

Deixe um comentário