Jovem de 21 anos é morta a tiros pelo ‘Tribunal do crime’

Nesta segunda-feira, 22, dois vídeos foram compartilhados nas redes sociais onde um deles mostra uma mulher sendo executada a tiros por integrantes da facção criminosa, Comando Vermelho (CV).

O caso teria acontecido no município de Igarapé-Miri, nordeste paraense. A jovem que aparece nas imagens foi identificada como Adriana Miranda, de 21 anos, que estava desaparecida desde o último sábado, 20.

Em um dos vídeos compartilhados, Adriana, visivelmente nervosa, revela informações sobre uma possível entrega de drogas.

Em um outro momento, no segundo segundo vídeo, a jovem aparece chorando, sentada com o criminoso apontando a arma para a cabeça dela. “Por favor deixa eu falar, eu vou contar. Por favor eu to com muito medo”, diz a jovem antes de morrer.

As imagens são fortes. Assista!

Segundo informações da Delegacia de Polícia Civil do município, o desaparecimento de Adiana foi informado pelo pai da jovem, que em depoimento, afirmou que ela estaria tendo um relacionamento com um homem identificado apenas como “Didi”, que teria deixado o CV e para montar sua própria facção.

Diante disso, a polícia trabalha com a hipótese de que membros do CV teriam descoberto a intenção, sequestrado Adriana e executado a jovem.

Na terça-feira, 23, policiais, bombeiros e agentes do IML farão uma busca na cidade para encontrar o corpo da jovem.

www.romanews.com.br 

Deixe um comentário