Paraenses começam a utilizar a 4ª recarga do vale alimentação-escolar

Foto: Jader Paes / Agência Pará

Os R$ 80 referentes à quarta recarga de vale-alimentação escolar começaram a ser utilizados pela população nesta terça-feira (01). Com um investimento de R$ 180 milhões do tesouro estadual, o benefício vai auxiliar na compra de itens não-perecíveis para complementar a refeição dos estudantes de escolas da rede estadual de ensino. Os responsáveis podem fazer as compras nos estabelecimentos credenciados em até 90 dias após a disponibilização do crédito.

A dona de casa Marilza Noronha foi às compras logo no primeiro dia do benefício. Ela é mãe de duas filhas, uma de 15 e outra de 17, que estudam no projeto Mundiar, dentro da Escola Estadual Arthur Porto, em Belém. “Eu achava que não ia sair a 4ª parcela, foi uma boa surpresa. Ajuda bastante, pois na pandemia ficou um pouco difícil. Em casa, somos só eu e elas. Sou separada do pai delas, que está desempregado”, comentou Marilza.

Foto: Jader Paes / Agência Pará

Por entender a importância da alimentação escolar na nutrição dos estudantes, o Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) vem viabilizando, desde o início da pandemia, a complementação dos itens para o preparo das refeições em casa.

Adriano Castro, 12 anos, faz o 5º ano também na Escola Estadual Arthur Porto, e veio acompanhar a mãe nas compras. “Está ajudando porque lá em casa está difícil. Nós dividimos para cada um porque meus primos foram morar em casa”. A mãe dele, Marta Ferreira, conta que também não esperava uma quarta recarga. “Eu pensei que não iam mais liberar. Eu ia jogar o cartão fora, mas achei melhor guardar na esperança de que Deus tocasse no coração do governador para que ele liberasse. Está ajudando, foi ótima a data no início do mês”, comemorou.

A liberação da recarga movimentou os estabelecimentos credenciados. Jorge Portugal, presidente da Associação Paraense de Supermercadistas (Aspas), destacou a ação do Governo do Estado. “Isso vem contribuir em muito para o nosso setor supermercadista, haja vista que são 575 mil cartões de alunos beneficiados em todo o Pará. São R$ 180 milhões injetados na economia, principalmente nos supermercados. Um agradecimento especial ao governador, pois isso vem contribuir tanto no nosso setor como para os alunos que estão em casa sem merenda escolar e agora terão o seu alimento”, frisou Jorge Portugal.

O formato de cartão permite mais liberdade de escolha dos produtos. O casal Jamile Correa e Andrei Albuquerque também foi complementar as compras. “Estou levando mais comida. Vai dar para um mês porque mora pouca gente em casa. Estou satisfeita”, disse a estudante da Escola Estadual Ruth Rosita de Nazaré Gonzales.

Elieth Braga, secretária de educação, comentou a liberação do benefício. “É a quarta recarga. Um investimento de quase R$ 200 milhões, concedido pelo Governo do Estado com recurso próprio, fazendo com que os alunos possam adquirir itens destinados para a alimentação escolar. Com certeza é uma atitude do governador que cuida das pessoas e busca dar a este aluno alimentação escolar mesmo ele não tendo aula presencial ainda”, disse Elieth.

Fonte: www.agenciapara.com.br

Deixe um comentário