Prefeitura de Parauapebas investe na capacitação de lapidadores visando potencial da cidade

Além de mostrar resultado do curso de lapidação, prefeitura espera, com a exposição, motivar mais gente a seguir a profissão.

Uma pequena amostra do que lapidadores de pedras preciosas podem produzir foi exibida no último final de semana no Partage Shopping, atraindo a atenção e olhares de gente de toda idade, de crianças a idosos. Nas vitrines, o brilho de ametistas, quartzos incolores, topázios e as ferramentas usadas num trabalho que é uma verdadeira obra de arte.

“Nossa, maravilhoso! As pedras lindas, as cores bem exuberantes, trabalho maravilhoso, muito bonito mesmo. Uma joia muito linda pra gente ter de recordação, principalmente sendo feita aqui na cidade de Parauapebas”, opinou a auxiliar de Departamento de Pessoal, Cristiane Lima.

A intenção da Prefeitura de Parauapebas, ao realizar a I Exposição de Gemas e Joias, foi exatamente para isso: mostrar o trabalho de lapidação feito por gente do próprio município, sob a batuta da Secretaria de Desenvolvimento (Seden).

E quem visitava a exposição não escondia a surpresa em saber da novidade, como a educadora física Márcia Martins, moradora de Curionópolis, que se encantou e elogiou o trabalho.

“Muito bonito, muito interessante desenvolver o nosso trabalho aqui dentro de Parauapebas porque mostra a cultura e ao mesmo tempo dá trabalho aos jovens hoje e aos produtores também da nossa região, que é uma região de mineração”, disse ela. “Vocês estão de parabéns!”

Ao lado das pedras já lapidadas, as pedras brutas de onde as gemas são retiradas também exibiam brilho, beleza e atiçavam a curiosidade dos visitantes. Era mais quem queria tocar no produto. Houve quem já quisesse comprar joias, mas elas estavam ali tão somente para mostrar, além do seu próprio valor e qualidade, a capacidade dos lapidadores da terra.

Com a exposição, a Seden espera ter motivado outras pessoas a realizarem o curso. “Hoje, em Parauapebas, como as pedras saem brutas, as pessoas, a população não têm consciência do que a gente tem de riqueza em nossa região. Então, a intenção da exposição é que as pessoas vejam o trabalho que está sendo feito e saber também que elas têm a possibilidade de também aprender uma nova profissão”, frisou a coordenadora municipal de Gemas e Joias da Seden, Lídia Abreu.

Para quem tem interesse na profissão, a coordenadora adiantou: um novo curso de lapidação será realizado no segundo semestre deste ano.

Ascom/Pmp

 

Deixe um comentário