Empresários e políticos tomam vacina às escondidas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
A imunização feita na terça-feira teria ocorrido em uma garagem de uma das empresas da Saritur.
Um grupo de políticos e empresário brasileiros teria tomado, na terça-feira, 23, em Belo Horizonte, a primeira dose da vacina da Pfizer/BioNTech contra o coronavírus, o imunizante já tem registro definitivo da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), mas ainda não faz parte do Plano Nacional de Imunização.
Segundo apuração da revista piauí, eles compraram as doses por conta própria, não repassaram ao SUS (Sistema Único de Saúde) e pagaram, por cada ampola, cerca de R$ 600.
Seriam políticos e empresários ligados ao setor de transporte de Minas Gerais, além de seus familiares. Fontes ouvidas pela reportagem disseram que quem organizou a vacinação particular foram os irmãos Rômulo e Robson Lessa, donos da Viação Saritur, importante empresa mineira de transporte. A imunização feita na terça-feira teria ocorrido em uma garagem de uma das empresas da Saritur.
O grupo deve receber a segunda dose da vacina da Pfizer daqui a 30 dias, ainda segundo a revista piauí.
www.romanews.com.br
VEJA ISSO TAMBÉM