Escola de Música de Parauapebas vai oferecer videoaulas para os alunos

Será a partir de segunda-feira, 7, e atenderá parte das atividades enquanto perdurar isolamento social em virtude do coronavírus

0

Alunos da Escola Municipal de Música Maestro Waldemar Henrique darão continuidade ao aprendizado na próxima segunda-feira, 7, quando passarão a receber videoaulas gravadas esta semana pelos professores. A metodologia está sendo aplicada por várias instituições públicas e privadas ao redor do mundo como forma de respeitar o período de isolamento social recomendado pelos especialistas de saúde, como prevenção do novo coronavírus.

As aulas presenciais da escola de música de Parauapebas foram suspensas, em cumprimento do decreto municipal que orienta a paralisação de ações, eventos e demais atividades que gerem aglomeração de pessoas. A determinação é válida até dia 30 deste mês.

Por este motivo, equipe técnica da Escola Waldemar Henrique decidiu seguir com o conteúdo por meio de videoaulas, como explica Claudson Santos, diretor instituição. “É preciso esclarecer que a iniciativa atende parte das atividades, pois a educação musical tem suas peculiaridades técnicas que não são possíveis transmitir por meio somente de aulas online. Mas, já adianta e muito o conteúdo do curso. A ideia é quando voltarmos às aulas presenciais dedicar total atenção às aulas práticas”, diz ele.

Os alunos vão começar a receber as videoaulas pelo aplicativo de mensagem whatsapp. “Esta reorganização do trabalho é uma iniciativa inédita e necessária. Desta forma, será mantida a qualidade do ensino sem comprometer o aprendizado, e acima de tudo contribuirá com segurança e saúde da comunidade”, reforça Claudson.

A Escola Municipal de Música Maestro Waldemar Henrique é mantida, exclusivamente, com recursos da Prefeitura de Parauapebas. Este ano, mais de 400 alunos estão sendo atendidos pela instituição, que alcança bons resultados e grandes investimentos. Durante a aula inaugural, realizada em fevereiro, o prefeito Darci Lermen entregou novos instrumentos e anunciou a construção do prédio próprio da Escola Waldemar Henrique.

Texto: Anne Costa / Assessoria de Comunicação – Ascom

Deixe um comentário