Falso policial é preso com simulacro de pistola

Um homem que não teve o nome divulgado foi preso na quarta-feira (14) de julho, ele se passava por  integrante do Batalhão de Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas da Polícia Militar (Rotam), o mesmo possuía uma tatuagem no braço e exibia com muito orgulho.

A farsa foi descoberta após o falso policial ter  solicitado apoio de uma viatura do 2° Batalhão (2° BPM), para ajudar a esposa, ao chegar ao local a equipe viu a tatuagem do homem e a equipe da PM pediu a devida identificação do homem, que alegou ter extraviado os documentos.

Com uma suspeita bastante forte os policiais pediram para ir até a casa do falso policial, chegando lá  realizaram buscas pessoais e encontraram um simulacro de arma de fogo com o falso policial, que confessou não fazer parte da corporação e que se apresentava como agente das forças policiais para conseguir “bicos” na área de segurança.

O suspeito e o simulacro foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil de São Brás, Belém onde o homem foi autuado pelo crime de Falsa Identidade.

 

Deixe um comentário