Ministro diz que tomou vacina da Covid `escondido´ ele não sabia que estava sendo gravado e transmitido nas redes sociais

Durante uma reunião do Concelho Suplementar Ministro da Casa Civil afirmar ter tomando vacina da Covid e aconselhar que presidente Bolsonaro tome a vacina também

O Ministro Paulo Guedes nessa mesma reunião afirma que o coronavírus foi criado pelos chineses, afirma ainda que o imunizante também criado por eles é menos eficaz do que o da Pfizer, dos Estados Unidos. o próprio Ministro Paulo Guedes foi vacinado com o imunizante CoronaVac.

Os ministros não sabiam que a reunião estava sendo gravada e transmitida para as redes sociais.

A doença que já matou 395 mil pessoas no Brasil ainda não está sob controle, alguns países que aderiram a políticas mais rígidas e conscientizaram sua população da importância do uso da máscara e vacinação em massa para sua população já estão reabrindo o comercio e voltando a rotina ´normal´ dentro do possível.

Explicação da Casa Civil

 Consultada pela TV Globo, a assessoria de comunicação da Casa Civil afirmou que o ministro fez a afirmação “de maneira informal” e não tomou vacina escondido.

 

Leia abaixo a íntegra da resposta da pasta:

A Casa Civil esclarece que no dia 18 de abril, como cidadão comum, em seu carro e enfrentando fila como qualquer brasileiro, o ministro tomou a primeira dose da vacina da Astrazeneca, em um posto em Brasília/DF.

Ao dizer, de maneira informal, que teria tomado a vacina “escondido”, o ministro se referia ao fato de ali estar um dos mais de 38 milhões de brasileiros que já se vacinaram e não um ministro de Estado.

É importante ressaltar que a vacinação do ministro foi divulgada, à época, na imprensa. O ministro, portanto, não tomou a vacina de forma escondida e nunca foi orientado a não relatar tal fato. Apenas não quis fazer desse momento um ato político.

Com informações/g1.globo.com

 

 

Deixe um comentário