O funcionário do Banco não é o seu consultor financeiro.

Está é uma das regras do jogo.

Nunca peça orientação para funcionário do Banco.
Ele não é seu consultor, as vezes nem possui as habilidades e competências para isso.

Se tivessem, já teriam resolvido a vida deles.
Quantos funcionários de Instuição financeira você conhece que já tem a sua liberdade financeira.

O colaborador do Banco é um funcionário,
treinado e preparado para vender crédito, serviços e produtos, como empréstimos, cartões de crédito carta de crédito, limite de cheque especial entre outros.

Isso tudo, graças ao que a legislação vigente no nosso pais, permite.

O objetivo deles não é solucionar seus problemas financeiros, até porque isso é obrigação sua, claro, com dedicação ao estudos e pesquisas e acompanhando estás dicas que só o Correio do Pará vai te dar.

Ele é treinado para convencer você a fazer um novo empréstimo, por exemplo, às vezes com valor até maior, do que o que você já fez.

Isso faz parte das metas, que ele tem à cumprir. Pois ele tem que garantir seu emprego e, também o sustento de sua família.
Ou seja, ele está cumprindo as funções dele.

O gerente do banco, não é seu amigo, ele simplesmente é o vendedor da instituição que mais se destacou.

E você, como consumidor do Banco, muitas vezes, apenas, criou outro problema, ao adquirir serviços, com mais endividamento.

Para eliminar suas dívidas e se tornar um investidor você vai ter que estudar e pesquisar educação financeira.

Conte com as dicas valiosas de Luana Borges, aqui no Correio do Pará e mantenha-se informado com dicas valiosas, que vai resolver a sua vida.

Deixe um comentário