Parauapebas recebe nova remessa de vacinas contra covid-19

Nova remessa é destinada à aplicação da segunda dose da vacina nos profissionais de saúde e indígenas. Idosos acima de 90 anos receberão a primeira dose do imunizante.

 Parauapebas recebeu mais  2.652 doses de vacinas CoronaVac para o prosseguimento da Campanha Nacional de Vacinação contra a covid-19 no município. Os imunobiológicos chegaram ontem, 10.

Essa remessa será destinada à segunda dose da vacina para os profissionais de saúde e indígenas que vivem nas aldeias, assim como para o início da vacinação dos idosos acima de 90 anos, que receberão a primeira dose, de acordo com as diretrizes do Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde (MS).

A partir desta quinta-feira, 11, os idosos devem procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência ou o Agente Comunitário de Saúde (ACS) para realizar o agendamento da vacina. Caso seja necessário atendimento domiciliar ao idoso é só solicitar na UBS.

Definição dos grupos prioritários 

Os riscos de agravamento e óbito pela covid-19 e de vulnerabilidade social orientam a definição dos grupos prioritários delineados no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, que tem como objetivo promover a redução de morbimortalidade causada pelo novo coronavírus, bem como a manutenção do funcionamento dos serviços essenciais.

O número de parauapebenses vacinados podem ser acompanhados diretamente no site:

https://viz.saude.gov.br/extensions/DEMAS_C19Vacina/DEMAS_C19Vacina.html

“Mais uma vez solicitamos a compreensão da população devido ao pouco quantitativo de doses recebidas, pois sabemos que se trata de uma vacina que não tem grande quantidade em estoque. Aos poucos vamos conseguir imunizar todos, principalmente o público-alvo”, explica a diretora da Vigilância em Saúde, Michele Ferreira.

“Desde o início da pandemia, o governo municipal não mediu esforços no enfrentamento ao novo coronavírus. É importante reforçar que, por mais que o município tenha a reserva financeira para comprar mais doses da vacina contra a covid-19, não temos a garantia de compra, pois os laboratórios não têm em estoque neste momento. Conforme forem envasando mais doses, outras chegarão ao município e assim daremos continuidade ao nosso cronograma de vacinação. Vamos por etapas e chegaremos a todos os munícipes”, afirma o secretário de Saúde, Gilberto Laranjeiras.

Texto: Nívea Lima / Foto: Ascom

Assessoria de Comunicação – Ascom

Deixe um comentário