Prefeitura cria selo para estabelecimentos turísticos que ofereçam segurança ao público

Seis tipos de empreendimentos começaram a ser vistoriados esta semana. Ação faz parte do plano de retomada do turismo em Parauapebas

A Prefeitura de Parauapebas começou na quarta-feira, 8, a inspeção de seis tipos de empreendimentos turísticos em Parauapebas, para verificar se estão cumprindo os protocolos de segurança e prevenção contra o novo coronavírus.

Numa iniciativa do Departamento Municipal de Turismo (Detur), a vistoria começou pelos hotéis e vai se estender para os bares, restaurantes, agências de viagem, balneários, parques aquáticos, locadoras de veículos e transportadoras de turistas.

A fiscal da Vigilância Sanitária, Glauciane de Castro, explica que antes da pandemia o órgão já fiscalizava a rede hoteleira e que, após a pandemia, o trabalho foi intensificado. De acordo com a fiscal, a parceria com o Detur só reforça ainda mais a vistoria. “A gente tá fazendo uma fiscalização minuciosa para que as pessoas que venham para o município se sintam seguras em entrar nos ambientes”, diz Glauciane de Castro.

Preocupada com a saúde e segurança dos munícipes e turistas, a Prefeitura de Parauapebas criou o Selo Turismo Protegido e Responsável para identificar empreendimentos turísticos que estiverem cumprindo as normas sanitárias e os decretos municipais de enfrentamento à Covid-19.

A ação faz parte do plano de retomada do turismo local, que visa preparar o trade para o retorno gradual das atividades. “Espero que essa ação continue pra nos ajudar, apoiar e certificar ao cliente que estamos prontos para recebê-los e que tudo será perfeito durante a estadia deles em Parauapebas”, diz Marbie Marjane, gerente de hotel.

“Após essa inspeção e a entrega do selo, a gente terá a garantia de que aquele estabelecimento é um local seguro para receber pessoas, e que o destino Parauapebas é seguro para receber seus turistas. É importante a gente garantir que as pessoas possam vir se hospedar, se alimentar, que elas possam andar nos nossos transportes, se divertir nos nossos balneários, mas que esses empreendimentos possam garantir toda segurança necessária”, ressalta o coordenador do Detur, Marcos Alexandre.

Texto: Rayssa Pajeú / Fotos: Orion Lima

Deixe um comentário